Perder Peso Rápido: 3 Simples Passos

Existem muitas maneiras de perder peso rápido. No entanto, a maioria delas vai fazer você ficar com fome e insatisfeito. Se você não tem uma força de vontade de ferro, a fome vai fazer com que você desista dos seus planos rapidamente. O plano de 3 etapas segue as diretrizes abaixo:

  • Reduzir o apetite de forma significativa.
  • Fazer você perder peso rapidamente, sem estar com fome.
  • Melhorar a sua saúde metabólica.

Tudo isso é associado por estudos científicos.

como-emagrecer-rapido

Passo 1 – Cortar Açúcar e Amido

A parte mais importante é cortar açúcares e amidos (carboidratos). Esses alimentos estimulam uma maior secreção de insulina. Se você já não sabe, a insulina é o principal hormônio de armazenamento de gordura do corpo. Quando a insulina cai, a gordura tem mais facilidade para sair do lugar de reservas e o corpo começa a queimar gordura ao invés de carboidrato. Outro benefício da queda da insulina, é que os rins repelem o sódio e a água para fora do seu corpo, o que reduz o peso e o inchaço. Não é incomum perder peso na primeira semana comendo desta forma, tanto o peso de gordura corporal como água. Um estudo feito comparando dietas de baixa gordura e de baixo carboidrato, com mulheres portadoras de sobrepeso / obesidade, mostrou que o grupo da dieta de carboidrato se alimenta plenamente. Enquanto o grupo de baixo teor de gordura possui restrição calórica e fome. Ao cortar os carboidratos, a insulina diminui e automaticamente a vontade de comer passa, logo uma menor ingestão de calorias. Simplificando, a baixa da insulina coloca a perda de gordura em “piloto automático”.

Resumo: A remoção de açúcares e amidos (carboidratos) de sua dieta, reduz os níveis de insulina,corta o apetite e você perde peso rápido sem passar fome.

Passo 2 – Coma Proteína, Gordura e Vegetais

Toda refeição deve incluir uma fonte de proteína, uma fonte de gordura e legumes de baixo carboidrato. Construindo as refeições desta forma, automaticamente a sua ingestão de carboidratos estará dentro do intervalo recomendado, de 20-50 gramas por dia.

Fontes de proteína:

Carne – carne, frango, porco, cordeiro, bacon, etc.
Peixes e frutos do mar – salmão, truta, camarão, lagostas, etc.
Ovos – Omega-3 ovos enriquecidos ou ovos de pasto, os melhores.

A importância de comer muita proteína não pode chegar ao exagero, pois esse consumo demasiado aumenta o metabolismo de 80 a 100 calorias por dia. As dietas ricas em proteínas também podem reduzir os pensamentos obsessivos por comida em até 60%, reduz o desejo pela metade de comer merendas no fim da noite e satisfaz (enche).  Ess processo, automaticamente diminui em 441calorias a menos por dia … apenas adicionando proteína em sua dieta. Quando se trata de perder peso, a proteína é o rei dos nutrientes.

Vegetais de Baixo Carboidrato:

Brócolis; Couve-Flor; Espinafre; Couve; Couves de Bruxelas; Repolho; Chard suíço; Alface; Pepino; Aipo

Não tenha medo de encher o seu prato com esses vegetais de baixo carboidrato. Você pode comer grandes quantidades sem passar dos limites de carboidrato por dia (entre 20-50g). Uma dieta baseada em carne e vegetais contém todas as fibras, vitaminas e minerais que você precisa para ser saudável. Não há necessidade fisiológica de grãos na dieta.

Fontes de Gordura:

Azeite; Óleo de coco; óleo de abacate; Manteiga; Sebo

Coma 3 refeições por dia. Se estiver com fome de tarde, adicione uma quarta refeição. Não tenha medo de comer gordura. Tentar fazer as duas coisas ao mesmo tempo (baixo carboidrato e baixo teor de gordura) ao mesmo tempo; é uma receita para o fracasso. Esse plano vai fazer você se sentir miserável e abandonar a dieta. A melhor gordura de cozinha para usar é o óleo de coco. É rico em gorduras chamados triglicerídeos de cadeia média (TCM). Estas gorduras são mais satisfatórias do que as outras e podem aumentar o metabolismo..
Não há razão para temer as gorduras naturais, pois os novos estudos mostram, que a gordura saturada não aumenta o risco de doença cardíaca.

Resumo: Monte as refeições com uma fonte de proteína, uma fonte de gordura e um vegetal de baixo carboidrato, isso vai adequar às 20-50 gramas de carboidrato por dia e reduzir drasticamente seus níveis de insulina.

Passo 3 – Malhar 3 vezes por Semana

Você não precisa se exercitar para perder peso rápido neste plano, mas é recomendado. A melhor opção é ir ao ginásio 3-4 vezes por semana. Fazer um aquecimento, levantar pesos e se alongar. Se você é novo na academia, peça a um treinador alguns conselhos. Ao levantar pesos, você vai queimar algumas calorias e manter o seu metabolismo em um bom nível, o que é um efeito colateral comum da perda de peso. Estudos sobre dietas de baixo carboidrato mostram que você pode até ganhar um pouco de músculo ao perder quantidades significativas de gordura corporal. Se levantar pesos não é uma opção para você, então faça alguns exercícios ‘cardio’ mais fáceis como correr, nadar ou andar, o suficiente.

Resumo: É melhor fazer algum tipo de treinamento de resistência , como levantamento de peso. Se isso não for uma opção, exercícios cardio trabalhar também.

Opcional – Tirar um Dia da Semana para Comer Mais

Você pode ter um “off” da dieta regrada, um dia por semana, se permitir mais carboidratos. As pessoas preferem o sábado. É importante tentar furar as fontes de carboidratos mais saudáveis, como aveia, arroz, quinoa, batatas, batatas-doces, frutas, etc. Mas só neste dia, até porque se você começar a fazer isso com mais freqüência do que uma vez por semana, o plano vai por água à baixo. Se você quer fraudar a dieta, faça isso neste dia. Esteja ciente de que os descontroles alimentares não são necessários, mas podem regular alguns hormônios que ajudam com a queima de gordura, como a leptina e hormônios da tireoide. Você vai ganhar um pouco de peso durante o dia de permissão, mas a maioria vai ser água, rapidamente perdida.

Resumo: Tendo um dia da semana em que você pode comer mais carboidratos, é algo perfeitamente aceitável, embora não seja necessário.

Quanto ao Controle das Calorias e Porções?

NÃO é necessário contar calorias quando você mantem os carboidratos baixo e mantem a proteína, gordura e legumes também de baixo carboidrato (low- carb). No entanto, se você realmente quer, existem muitos contadores de calorias e você pode usar para controlar a quantidade de calorias que você está comendo. O objetivo principal é manter os carboidratos sob 20-50 gramas por dia e completar as calorias com proteína e gordura, assim perder peso rápido fica mais fácil.

Resumo: Não é necessário contar calorias para perder peso rápido neste plano. É mais importante manter estritamente os carboidratos na faixa de 20-50 gramas.

Outra Dica para Fazer as Coisas mais Fáceis para Perder Peso rápido (e mais rápido)
Aqui estão sete dicas para perder mais peso ainda mais rápido:

Beba Mais Água – Um estudo mostra que beber água meia hora antes das refeições ajuda você a comer menos calorias e perder 44% a mais de peso.Também pode aumentar o metabolismo.

Beber café ou chá – Se você é um café ou um bebedor de chá, em seguida, por todos os meios beber tanto quanto você quer como ambos podem aumentar o seu metabolismo.

Comer um pequeno-almoço de alta proteína – Estudos mostram que as pessoas que substituem o café da manhã à base de grãos por alta proteína, como ovos, se sentem mais satisfeitos pelas próximas 36 horas e perdem até 65% mais peso.

Coma fibra viscosa – Suplementos de fibras viscosas podem ajudar a perder peso, especialmente em torno da área da barriga.

Escolha Alimentos Saudáveis – Certos alimentos são particularmente úteis para perder gordura.

Use pratos menores – Estudos mostram que as pessoas comem menos, quando usam pratos menores. Estranho, mas funciona.

Sono melhor – Sono é um dos fator de risco para o ganho de peso e obesidade, cuidar do seu sono é importante.

Resumo: É mais importante ficar com as três regras, mas há algumas outras coisas que você pode fazer para acelerar as coisas.

Como Acelerar a Perda (e outros Benefícios)

Você pode perder peso rápido na primeira semana e desacelerar um pouco depois disso. Se você é novo fazendo dieta, as coisas vão provavelmente acontecer mais rápido. O peso você vai perder. Nos primeiros dias, você pode sentir-se um pouco estranho. Seu corpo queima carboidrato durante todos esses anos e isso pode levar algum tempo para que o seu organismo se acostume com a queima de gordura em seu lugar. Chama-se a “gripe de baixo carboidrato”. O sódio na dieta pode ajudar com isso, como exemplo, a dissolução de um cubo de caldo de carne em uma xícara de água quente e beber. Depois disso, a maioria das pessoas relatam sentir-se bem, positivo e energético. Neste ponto, você será oficialmente vai se tornar um “animal da queima de gordura.” Apesar das décadas ds histeria anti-gordura, a dieta de baixo carboidrato também melhora a sua saúde de muitas maneiras:

– Açúcar no sangue tende a diminuir nas dietas de baixo carboidrato
– Triglicérides tendem a cair
– LDL pequeno e denso (mau colesterol) também diminui
– HDL (bom colesterol) aumenta
– A pressão arterial melhora significativamente

As dietas de baixo carboidrato parecem ser mais fáceis de seguir do que dietas de baixa gordura.

Resumo: Você pode perder muito peso, mas perder peso rápido depende de cada pessoa. Dietas de baixo carboidrato melhoram a sua saúde de muitas formas.

Você não Precisa Sofre tanto para Perder Peso Rápido

Se você tiver restrição, fale com o seu médico antes de fazer mudanças no seu plano e reduza os medicamentos. Ao reduzir carboidratos e os níveis de insulina, você muda o ambiente hormonal e faz seu corpo e cérebro “querer” perder peso rápido. Isto leva a uma redução drástica do apetite e da fome, eliminando a principal razão que a maioria das pessoas falham com os métodos convencionais de perda de peso e isso comprova a perda de cerca de 2-3 vezes a mais de peso, do que uma típica dieta de restrição calórica com baixo teor de gordura. Outro grande benefício para as pessoas impacientes, é que a queda inicial no peso de água pode levar a uma grande diferença na escala, já na manhã seguinte. Relativamente a este plano, você pode comer boa comida até a plenitude e ainda perder uma tonelada de gordura. Bem vindo ao Paraíso.

Perda de Peso Rápida: Conclusão

Você pode fazer tudo acima para perder peso rápido, mais só você e sua força de vontade vão lhe fazer chegar ao sucesso.Te Espero daqui 30 dias pelo menos com 5kg a menos. (Aguardo seu comentário Abaixo) 🙂

7 Alimentos Prejudiciais para Perder Peso

Comer Comidas Prejudiciais fazem você sentir-se mal, leva ao ganho de peso e causa problemas de saúde.Aqui seguem 7 comidas prejudiciais que você deveria evitar se você quiser Perder Peso.

[Se você tem Diabetes Tipo 1 ou Tipo 2 Clique Aqui]

1. Açúcar

perder-peso

Você provavelmente não está surpreso de ver o açúcar no topo da lista.Nas últimas décadas, o açúcar tem sido considerado insalubre, pois fornece calorias vazias … e é verdade. O açúcar refinado tem muitas calorias, porém, sem os nutrientes essenciais.Mas isso é apenas a ponta do iceberg. Novos dados liga o açúcar às doenças que estão matando pessoas aos milhões: obesidade, diabetes, doenças cardíacas e até câncer.Um novo estudo recentemente revelou que o açúcar pode fazer você engordar. As calorias em frutose (50% de açúcar é frutose) não enche e não sacia.E há uma razão, é muito difícil de se livrar do açúcar. É absolutamente viciante, e leva à ciclos viciosos de ânsia e exagero.Um apetite estimulado por características viciantes, que leva a desejos e compulsão alimentar… uma receita desastrosa para o ganho de gordura e de deixa cada vez mais longe da Perda de peso que procura.

Conclusão: Evite os sucos de frutas, bebidas adoçadas com açúcar, guloseimas e frutas secas. Xarope de agave não é melhor do que o açúcar. Leia os rótulos !

2. Grãos – Especialmente Glúten

Há evidências que sugerem que as pessoas, mesmo aqueles que não têm a doença celíaca, reajam mal aos alimentos que contêm glúten.Sim, isso também se aplica ao trigo integral “coração saudável”, que na verdade não é saudável de forma alguma. Um estudo revela que o trigo integral pode aumentar o LDL, pequeno e denso (muito ruim), em gritante 60%.Trigo integral também pode causar o aumento do índice glicêmico, levando o açúcar no sangue a agir como uma “montanha russa”, fazendo você sentir vontade de comer carboidrato logo após a ingestão.Há evidências de que a sensibilidade ao glúten é bastante comum na população. Glúten pode causar efeitos nocivos na digestão e em outros aspectos da saúde, mesmo em indivíduos sem doença celíaca.Estudos sobre dietas de baixo carboidrato (que eliminam açúcares e amídos como grãos) sugerem que as pessoas que precisam perder peso ou tem problemas metabólicos devem evitar todos os grãos, que são a maior fonte de carboidratos na dieta.Para as pessoas que se exercitam e não precisam perder peso, não há razão comprovada para grãos saudáveis, como o arroz e aveia.Porém, os grãos fazem parte de um grupo de alimentos que não contém nutrientes essenciais e para o final do dia, não podem ser consumidos em grande quantidade, como os nutrientes encontrados em alimentos de origem animal ou hortícolas.

Conclusão: Todo aquele que se preocupa com a saúde deve evitar os grãos com glúten, especialmente o trigo. As pessoas saudáveis ​​que não precisam de perder peso, podem comer alguns grãos sem glúten como arroz e aveia.

3. Gorduras Trans

As gorduras trans, também conhecidas como “hidrogenadas” ou “parcialmente hidrogenadas” são as gorduras insaturadas que foram quimicamente modificadas para aumentar o tempo de vida na prateleira e torná-los em estado sólido quando estão em temperatura ambiente.Este processo requer hidrogênio gasoso e alta pressão – bem desagradável. É desconcertante saber que alguém já pensou em produzir gorduras industriais e que essa gordura ​​seria adequada para o consumo humano.As gorduras trans aumentam os níveis do  pequeno e denso colesterol LDL, diminui o HDL (bom colesterol), aumenta a gordura abdominal e pode levar a vários problemas de graves de saúde.

Conclusão: Evite gorduras trans artificiais como se sua vida dependesse disso (e depende).

4. Sementes – e Óleos Vegetais

Muitas vezes retratado como alimentos saudáveis, sementes – e óleos vegetais como soja e óleo de milho, são artificiais para o corpo humano e nós começamos a ter acesso a eles recentemente.Essas gorduras contêm em abundância Omega-6 e ácidos graxos, mas nós precisamos obter Omega-6 e Omega-3 em certa proporção, para garantir o funcionamento ideal do corpo.Comer demais Omega-6 e pouco Omega-3 pode levar à inflamação, uma das principais causas de muitos problemas modernos de saúde.As gorduras poliinsaturadas também são muito sensíveis à oxidação, devido à sua abundância de ligações duplas reativas.O excesso de consumo de óleos vegetais  e produtos hortícolas podem levar à inflamação sistêmica, doenças cardiovasculares e até mesmo ao câncer.

Conclusão: Evitar o excesso de gorduras omega-6 a partir de óleos vegetais e semente. Aumentar a ingestão de Omega-3 de peixes gordurosos ou de óleo de fígado de bacalhau.

5. Adoçantes Artificiais

Mesmo os ingredientes livres de calorias ainda podem prejudicar e isso pode ser especialmente aplicável para os adoçantes artificiais.O consumo de adoçante artificial mostra associações fortes e consistentes com o parto prematuro e de várias doenças como a síndrome metabólica, obesidade (ironicamente) e diabetes tipo II.Estudos epidemiológicos não provam que os adoçantes artificiais causam as doenças, mas são ensaios que comprovam o risco e eu recomendo você EVITAR adoçantes artificiais.Se você deve usar um adoçante para alguma coisa, opte por Stevia, o que pode melhorar o controle glicêmico em diabéticos e diminuir a pressão arterial.

Conclusão: Se você deve adoçar, use Stevia. Os adoçantes artificiais não são comprovadamente seguros e são potencialmente prejudiciais.

6. Qualquer Coisa rotulado como “baixo teor de gordura” ou “Diet”

Alguns dos comerciantes que trabalham nas empresas de ‘junk food’ são mentirosos sem vergonha … e, infelizmente, eles se safam com isso.Mesmo os produtos comercializados para as crianças como saudáveis, com rótulos como “diet” – “baixo teor de gordura” ou “grãos integrais” são muito das vezes de alto teor de açúcar, trigo, ou seja, lixo processado, que não vai lhe deixar perder peso.

Conclusão: Seja inteligente e leia os rótulos. Mesmo os alimentos disfarçados de alimentos como saudáveis, muito das vezes, acabam por ser um pouco mais do que uma porcaria processada.

7. Alimentos Altamente Processados

Os alimentos que são altamente processados ​​são pobres em nutrientes, contém ingredientes artificiais ​​e produtos químicos.Se a lista de ingredientes contém mais de cinco ingredientes ou algo que você não entenda, é provavelmente ruim para você e com toda certeza não lhe ajuda na perda de peso.Comida de verdade não precisa de uma lista de ingredientes. Comida de verdade é o ingrediente.

Regra fácil de lembrar: “Se parece que ela foi feita em uma fábrica, não coma!”

Conclusão – Perder Peso

Você é o que você come!