15 Alimentos Saudáveis com o Sabor Marivilhoso

Algumas pessoas acreditam que os alimentos saudáveis são de mau gosto e sem graça. No entanto, nada poderia estar mais longe da verdade do que esse pobre argumento. Aqui estão 15 alimentos saudáveis com o sabor maravilhoso:

alimentos-saudaveis-4

1. Morangos

Os morangos são excepcionalmente suculentos com um sabor doce delicioso. Eles são uma excelente fonte de vitamina C, manganês, folato e de potássio, bem como vários compostos vegetais antioxidantes. Uma xícara de morango (medida) possui 3 gramas de fibra e menos de 46 calorias. Comer morango tem sido associado a uma melhora da saúde do coração, melhor controle de açúcar no sangue e prevenção do câncer. Se você não gosta do morango puro, tente mergulhá-lo em um pouco de chocolate escuro derretido.

Resumo: Morangos não possuem muitas calorias e contêm muitas vitaminas, minerais e antioxidantes. Os morangos são associados a uma melhor saúde do coração, melhor controle de açúcar no sangue e prevenção do câncer.

2. Mirtilos (Blueberries)

O nome “Mirtilo” não é como, mas o termo em inglês, facilita saber que são aquelas frutinhas coloridas, ricos em nutrientes, com um sabor doce. Uma xícara de blueberries contém apenas 84 calorias, mas fornece 4 gramas de fibra. Além disso, contém grandes quantidades de vitaminas e minerais, incluindo a vitamina C, vitamina K e manganês. O mirtilo é um superalimento antioxidante, que pode proteger contra danos oxidativos e doenças crônicas, além também de melhorar a memória dos adultos mais velhos. Os mirtilos (blueberries) podem ser apreciados frescos ou congelados, com iogurte misturado é bem gostoso.

Resumo: Os mirtilos são ricos em fibras e nutrientes, mas com poucas calorias. Além do mais, são um superalimento antioxidante, que pode proteger o corpo contra o dano oxidativo e melhorar a memória dos adultos mais velhos.

3. Chocolate Escuro

Muitos estudos mostram que o chocolate escuro é incrivelmente saudável e pode reduzir o risco de várias doenças. O chocolate escuro é carregado com fibras e antioxidantes, bem como minerais, tais como ferro, magnésio, cobre e manganês. Os compostos vegetais do chocolate escuro, demonstraram a redução da pressão arterial, proteção contra doenças cardíacas, melhora da função cerebral e proteção da pele contra os raios UV do sol.

Para aproveitar ao máximo os benefícios saudáveis do chocolate escuro, recomenda-se comer o chocolate escuro com um teor de cacau entre 70-85% ou mais. Um pedaço de chocolate escuro é especialmente delicioso quando desfrutado com uma boa xícara de café.

Resumo: O chocolate escuro contém altas quantidades de fibras, antioxidantes e minerais. Isso pode reduzir o risco da doença cardíaca, melhorar a função cerebral e proteger a pele do sol.

4. Amêndoa

As amêndoas são o deleite crocante final. As amêndoas contêm gorduras saudáveis para o coração, são muito nutritivas e não necessitam de preparação. Elas são carregadas com antioxidantes e fornecem grandes quantidades de fibra, proteína e vitaminas e minerais, tais como a vitamina E, manganês e magnésio. As amêndoas podem baixar a pressão sanguínea e o colesterol, bem como reduzir a oxidação do colesterol LDL. Todos estes, são fatores de risco para a doença cardíaca. Além disso, as amêndoas são saborosas e apesar de serem ricas em gordura e calorias, um estudo mostrou que as amêndoas aumentam a perda de peso em até 62% quando consumidas a partir de uma dieta de perda de peso. Se você estiver desejando algo doce, tente comer 2-3 amêndoas, pode ser o suficiente para suprir a vontade.

Resumo: Amêndoas contêm gorduras saudáveis para o coração e são ricas em fibra, proteína e outros nutrientes. As amêndoas são um alimento que satisfazem e podem ajudar na perda de peso, além de reduzir o risco da doença cardíaca.

5. Pistache

O pistache é crocante e salgado, absolutamente de dar água na boca. O pistache contém grandes quantidades de gorduras saudáveis para o coração, proteína de alta qualidade e uma boa quantidade de fibras. O pistache também é uma boa fonte de vitaminas do complexo B, fósforo, potássio e ferro. Como uma fonte de antioxidantes poderosos, o pistache é associado à benefícios para a saúde.

Como por exemplo, uma melhoria das gorduras no sangue, diminuição do  colesterol LDL oxidado, diminuição da inflamação e redução dos níveis de açúcar no sangue. O pistache são suculentos e quando consumido com moderação, o pistache demonstrou ajudar na manutenção do peso. Apenas certifique-se de não comer muito ao mesmo tempo, pois o pistache é muito ricos em calorias. Uma única xícara de pistache, pode conter até 700 calorias.

Resumo: Pistache contém gorduras saudáveis, proteínas e fibras, bem como várias vitaminas e minerais. o pistache é satisfatório e está associado com muitos benefícios para a saúde.

6. Cerejas

Esta baga, de cor vermelha profunda, é uma deliciosa e saudável recomendação. As cerejas são baixas em calorias, mas ricas em nutrientes como as fibras e vitamina C. As cerejas também contêm muitos antioxidantes e compostos vegetais, além de conter nutrientes capazes de proteger contra doenças como o câncer, doenças cardíacas, diabetes tipo 2 e doença de Alzheimer.

Resumo: As cerejas são uma boa opção nutricional de baixa caloria, com grandes quantidades de vitaminas, antioxidantes e compostos vegetais. As cerejas estão associadas com a redução do risco de várias doenças, incluindo o câncer, doenças cardíacas e diabetes.

7. Mangas

As mangas são frutas tropicais com fibra solúvel e uma vasta gama de antioxidantes, bem como quantidades elevadas de vitamina A (a partir de beta-caroteno) e vitamina C. As mangas são relativamente baixas em calorias e têm o índice de glicemia que varia de baixo à médio, o que significa, que as mangas não devem causar grandes picos nos níveis de açúcar no sangue.

As mangas são ricas em compostos antioxidantes e vegetais, podendo contribuir para a redução do risco de danos oxidativos e doenças crônicas, tais como o câncer. As mangas frescas são simplesmente deliciosas e muitas pessoas gostam de adicioná-las ao café da manhã, vitaminas ou iogurte.

Resumo: Mangas são relativamente baixas em calorias, com elevadas quantidades de fibra solúvel, antioxidantes, vitamina A (a partir de beta-caroteno) e vitamina C. As mangas podem reduzir o risco de danos oxidativos no corpo.

8. Queijo

O queijo é um dos mais deliciosos alimentos que você pode encontrar. O queijo é altamente nutritivo, bem como ricos em várias vitaminas e minerais como o cálcio, vitamina B12, fósforo, selênio e zinco. O queijo e outros produtos lácteos estão ligados à uma melhor saúde do osso e pode ser valioso na luta contra a osteoporose, uma doença caracterizada pela perda de massa óssea e aumento do risco de fraturas. Existem muitos tipos de queijo, mas todos eles consistem principalmente de proteína e gordura. A maioria das variedades são relativamente ricas em calorias.

O queijo é rico em proteínas, que pode promover a diminuição da pressão arterial e p aumento da absorção de minerais, além também, de conter um ácido graxo chamado CLA, que está ligado à vários benefícios para a saúde e que pode promover a perda de peso em indivíduos com sobrepeso. Além de todos os benefícios para a saúde, o queijo é simplesmente saboroso e saciante.

Resumo: O queijo é altamente nutritivo e rico em várias vitaminas e minerais, como cálcio e vitamina B12. Além da proteína de alta qualidade e gordura, ambos os queijos estão ligados à vários benefícios para a saúde.

9. Abacates

Os abacates são gordurosos e incomuns, com uma textura suave e cremosa. os abacates são ricosos em ácidos graxos monoinsaturados saudáveis, antioxidantes e fibras. Os abacates também são uma grande fonte de vitaminas do complexo B, vitamina K, potássio, cobre, vitamina E e vitamina C. Comer abacate é muito benéfico para a saúde do coração, pois pode reduzir o colesterol e triglicerídeos no sangue, em até 22%, enquanto a aumenta o “bom” colesterol, o HDL.

Os abacates também são muito saborosos e não aumentam muito os níveis de açúcar no sangue, uma boa opção de alimentação para a perda de peso. Se você não gosta da textura do abacate, tente adicionar um pouco de sal e pimenta. Se isso não for o suficiente, você também pode tentar criar um creme de abacate com chocolate, com seu liquidificador:

  • Um abacate pequeno.
  • Metade de uma banana.
  • Uma colhere de óleo de coco.
  • Duas colheres de cacau escuro.

Esteja ciente de que este creme é alto em calorias e talvez deva ser feita apenas em ocasiões especiais.

Resumo: Abacates são muito ricos em gordura monoinsaturada e fibra. Além também, de conter várias vitaminas e minerais. Os abacates podem reduzir o colesterol e triglicerídeos do sangue.

10. Pipoca

Muitas pessoas não sabem que a pipoca é realmente um grão integral. É relativamente baixo em calorias e contém grandes quantidades de fibra. Os grãos integrais podem ter inúmeros benefícios à saúde, incluindo uma melhor digestão e redução do risco de doença cardíaca e diabetes tipo 2. Os cereais integrais podem também podem ser úteis para a perda de peso e ajudar na manutenção do peso. Apenas certifique-se de evitar as variedades de pipoca insalúbres, carregada com óleos refinados. Você pode preparar a pipoca em uma panela, a opção mais saudável. Tente adicionar um pouco de sal, manteiga, chocolate granulado escuro ou canela, para um sabor diferente.

Resumo: A pipoca é um alimento de grãos inteiros, rica em fibras e relativamente baixa em calorias. Pode melhorar a digestão e reduzir o risco da doença cardíaca e diabetes do tipo 2.

11. Batatas Doces

As batatas doces são muito nutritivas, ricas em fibras, com um sabor deliciosamente doce. As batatas doces são uma excelente fonte de vitamina A (a partir de beta-caroteno) e contêm quantidades dignas de vitamina C, bem como outras vitaminas e minerais. As batatas doces também contêm vários antioxidantes e pode reduzir o dano oxidativo no corpo, o que pode ajudar a reduzir o risco de câncer e ajudar a moderar os níveis de açúcar no sangue. Se elas forem cozidas, assadas ou frita, oferece um sabor delicioso. Elas são especialmente saborosas com um pouco de creme de leite ou manteiga com sal.

Resumo: As batatas doces são muito nutritivas e contêm quantidades elevadas de fibra, antioxidantes, vitamina A (a partir de beta-caroteno) e vitamina C. Elas podem reduzir os danos oxidativos no corpo, reduzindo potencialmente o risco de câncer.

12. Creme Rico em Gordura

Os alimentos ricos em gordura dão um retorno interessante, segundo o que mostram os estudos recentes sobre o consumo de gordura saturada, já que o ‘creme gordo’ não está ligada à doenças cardíacas. Alimentos lácteos ricos em gordura, tais como o creme gordo, diminui o risco da obesidade central, que é a gordura prejudicial da barriga.

Os estudos de observação também demonstraram que o consumo de produtos lácteos gordos, reduzem o risco do ganho de peso e do câncer de cólon. No entanto, p creme gordo não deve ser consumidos em grandes quantidades, pois é muito rico em calorias. O creme rico em gordura é ideal para mergulhar no café ou na forma de iogurte, que misturado com algumas bagas frescas, oferece um sabor magnífico.

Resumo: Laticínios gordurosos estão associados com menos gordura na barriga, um risco reduzido de ganho de peso e câncer de cólon. No entanto, o creme gordo é muito rico em calorias e não deve ser consumido em grandes quantidades.

13. Iogurte

O iogurte é um produto lácteo fermentado, delicioso e saudável. O iogurte contém gorduras e proteínas de alta qualidade, bem como cálcio e várias vitaminas. O consumo de iogurte está associado tanto a melhoria da saúde dos ossos como a redução da pressão sanguínea. Alguns tipos de iogurte contêm culturas ativas de bactérias benéficas.

Esse tipo é chamado de iogurte probiótico, que são bactérias probióticas ligadas à muitos benefícios saudáveis, tais como um sistema imunológico reforçado, diminuição do colesterol, melhor digestão e síntese de várias vitaminas no sistema digestivo. No entanto, certifique-se de evitar o tipos de iogurte preenchidos com adição de açúcar. Em vez disso, compre um iogurte natural e adicione frutas, bagas para dar mais sabor e uma textura crocante.

Resumo: O iogurte é rico em proteínas, gordura e cálcio. Pode melhorar a saúde dos ossos e reduzir a pressão sanguínea. O iogurte probiótico pode reforçar o sistema imunológico e promover a síntese das vitaminas B e K no sistema digestivo.

14. Manteiga de Amendoim

A manteiga de amendoim é uma grande fonte de ácidos graxos insaturados, proteínas e fibras. Além disso, é uma excelente fonte de vitaminas e minerais, tais como vitaminas B, cobre, manganês, vitamina E, fósforo e magnésio. Os amendoins são muito ricos em antioxidantes, mais do que algumas frutas. Os amendoins são muito saciante e apesar de serem ricos em gordura e calorias, não estão relacionados com o ganho de peso. De fato, o consumo de amendoim diminui o risco reduzido da obesidade. No entanto, algumas pessoas acham que é difícil não comer muito de manteiga de amendoim num dado momento, por ser de fácil consumo e saboroso. Tente consumir porções moderadas para evitar o excesso da ingestão de calorias.

Se você tende a cair em tentação pela manteiga de amendoim, então seja melhor, você evitá-la. Além disso, certifique-se de escolher as variedades sem adição de açúcar ou óleos. A lista de ingredientes deve incluir apenas amendoins e uma pequena quantidade de sal. Tente adicionar um pouco de manteiga de amendoim em cima de fatias de maçã, aipo ou numa banana, para um lanche saboroso.

Resumo: A manteiga de amendoim é rica em gorduras saudáveis, vitaminas, minerais e antioxidantes. É muito saborosa e pode ajudar a prevenir o ganho de peso quando consumidos com moderação.

15. Melancias

As melancias são carregadas com água, nutrientes e vitaminas. As melancias também são baixas em calorias e contêm compostos vegetais poderosos, como o licopeno e citrulina. As melancias e o suco de melancia podem reduzir a pressão arterial, aumentar a sensibilidade à insulina e reduzir a dor muscular após o exercício. Devido ao seu teor de água e de fibra, além de não causarem grandes picos de níveis de açúcar no sangue. As melancias são incrivelmente refrescantes e pode ser apenas a pedida ideal para um dia quente de verão.

Conclusão Alimentos Saudáveis com o Sabor Maravilhoso

A próxima vez que você estiver desejando algo saboroso, opte por um dos superalimentos saudáveis da lista acima. Eles não só são ainda mais deliciosos, como a maioria das junk foods, como também vão melhorar a saúde e fazer você se sentir bem sobre com o que você está comendo.

11 “Alimentos Saudáveis” que Podem Matar

Nutrição é cheio de bobagem. Você encontra alegações de saúde corajosas para todos os tipos de alimentos, na maioria das vezes sem evidências para sustentá-las. Aqui estão os top 11 “alimentos saudáveis​​” que podem matar.

1. Suco de Fruta

sucos

Os sucos de frutas que você encontra no supermercado nem sempre são o que parecem. Eles podem ter pequenas quantidades de fruta real, mas muitas vezes eles são pouco mais do que a água, sabor artificial e açúcar. Mas, mesmo se você está bebendo suco de fruta real, ainda é uma má ideia. O suco de fruta é como a fruta com a maioria das coisas boas removidos. Tudo o que resta é o açúcar e algumas vitaminas. O sumo da laranja, por exemplo, contém a mesma quantidade de açúcar que a Coca Cola. Não há nenhuma fibra nela, nenhuma resistência para mascar e nada para impedi-lo a de querer mais quantidades de açúcar num curto espaço de tempo (nível de saciedade baixa). Comer muito açúcar é associado a todos os tipos de doenças. Nestas se incluem a obesidade, a diabetes de tipo II, doenças cardiovasculares e muitas outras. É muito melhor evitar sucos de frutas e comer frutas reais.

Resumo: A maioria dos sucos de frutas contêm a mesma quantidade de açúcar, de fácil digestão, como os refrigerantes açucarados. É melhor comer frutas a fruta inteira.

2. Trigo Integral

trigo-integral

É verdade que o trigo integral é mais saudável do que o trigo refinado. Mas isso não significa que todo o trigo é saudável. É como dizer que os cigarros com filtro são mais saudáveis ​​do que os cigarros sem filtro e estimular o fumo de cigarros com filtro. É lógica falha. Há uma abundância de boas razões para evitar o trigo … tanto o refinado e toda a variedade. Por exemplo, o trigo é a principal fonte de glúten na dieta e uma grande parte da população pode ser sensível ao glúten. O sistema imunitário, dos indivíduos susceptíveis, ataca as proteínas de glúten no trato digestivo. Isto pode causar danos ao revestimento do trato digestivo, dor, inchaço, cansaço, inconsistência das fezes e outros sintomas desagradáveis. Um estudo mostra que a fibra de trigo pode levar à deficiência de vitamina D, fazendo você queimar as suas reservas da vitamina D, muito mais rápido. Outro estudo mostra que o trigo integral aumenta o LDL pequeno e denso (o colesterol realmente “ruim”) em gritantes 60%.

Resumo: O trigo integral é rico em glúten e pode causar problemas digestivos e vários sintomas. Ele também pode causar deficiência de vitamina D e aumento do colesterol LDL denso.

3. Néctar de Agave

maleficios-nectar-agave

Na ilha de alimentos saudáveis ​​do supermercado, você vai definitivamente achar alguns produtos “sem açúcar”, que são adoçados com agave. Este adoçante é apresentado como uma alternativa saudável ao açúcar, porque é natural e tem um baixo índice glicêmico. Mas os efeitos nocivos do açúcar têm pouco a ver com o seu índice glicêmico, que é prejudicial, principalmente porque ele é carregado com quantidades não naturais de frutose. Muita frutose na dieta pode causar todos os tipos de problemas, especialmente em pessoas que não se exercitam muito. Toda frutose é metabolizada pelo fígado. Se o fígado está cheio de glicogênio, a frutose será transformada em gordura. Isso pode causar doença hepática gordurosa não-alcoólica e todos os tipos de problemas metabólicos, como resistência à insulina e a leptina, o que acabará por levar à obesidade e diabetes. Enquanto o açúcar comum é 50% de frutose, o teor de frutose de agave é  90%. Agave é ainda pior do que o açúcar!

Resumo: Néctar de agave é carregado com frutose e, portanto, faz o mesmo mal que o açúcar comum e o xarope de milho.

4. Bebidas Esportivas

maleficios-bebidas-esportivas

As bebidas esportivas foram feitas para atletas que acabaram de terminar uma sessão de treinamento intensa, com sudorese massiva e depleção de glicogênio. Por esta razão, as bebidas esportivas contêm:

Água – para repor os líquidos perdidos.
Eletrólitos – para repor eletrólitos como sódio que foram perdidos através do suor.
Açúcar – porque os atletas precisam de energia após um treino intenso .

Você não precisa de nenhum eletrólitos adicionais, a menos que você tenha feito um treino muito intenso. Uma garrafa de Gatorade contém mais de 30 gramas de açúcar. Melhor você sair dessa e ir para a água pura, que você sempre deve beber bastante, especialmente depois de treinos.

Resumo: Se você não está fazendo exercícios intensos, então você deve evitar bebidas esportivas. Elas não são necessários e contêm açúcar.

5. “Coração Saudável” Óleos Vegetais

maleficios-do-oleo

Como o medo da gordura saturada tomou conta do mundo, o consumo de todos os tipos de ingredientes desagradáveis ​​aumentou. Os principais exemplos são os óleos de semente e óleos vegetais industriais, como soja, milho e óleo de algodão. Estes óleos são extraídos a partir de sementes usando métodos de processamento muito estranhos: super aquecidos, branqueamento e uso do solvente tóxico hexano. Estes óleos contêm grandes quantidades de ácidos graxos ômega-6, muito mais do que os seres humanos já consomem ao longo da evolução. Precisamos de pequenas quantidades desses ácidos graxos na dieta, como as quantidades encontradas na carne e nozes. No entanto, se for de muito gosto, caso das populações ocidentais, isso causa problemas. Comer muito dessas gorduras pode levar à inflamação, que é uma das principais causas de doenças crônicas. Estes óleos são incorporados em nossas reservas de gordura corporal e membranas celulares, onde eles são muito propensos à oxidação e danos. Além do mais,, os óleos vegetais industriais que você encontra no supermercado, contêm 0,56 – 4,2% do seu ácido graxo, na forma de gordura trans, que são altamente tóxicas. (Isto não se aplica ao azeite, que é bom para você!)

Resumo: Óleos vegetais são insalubres e levam à inflamação. Eles são potenciais em epidemias e doenças ocidentais.

6. Desconfie de produtos “Baixa Gordura”

maleficios-alimentos-com-baixo-teor-de-gordura

Não é a gordura, são as pessoas! Apesar das últimas décadas de propaganda serem contra as gorduras saturadas, elas provam ser inofensivas. Quando a mensagem anti-gordura surgiu pela primeira vez, os fabricantes de alimentos começaram a produzir produtos “saudáveis” que eram de baixo teor de gordura ou sem gordura. O único problema é que os alimentos que tiveram o gosto de gordura removida são como lixo. Em seguida os fabricantes de alimentos, carregam de produtos químicos, adoçantes artificiais e grandes quantidades de açúcar. O que eles fazem é basicamente remover o material bom (gordura) e substituí-la com coisas ruins (açúcar). Isto é como eles conseguem transformar alimentos saudáveis​​, como iogurte, em produtos muito prejudiciais cheios de ingredientes pouco saudáveis.

Resumo: Evite tudo rotulado com ” baixo teor de gordura”. Estes são produtos altamente processados ​​e carregados com açúcar.

7. Comidas disfarçadas de “sem glúten”

maleficios-comida-sem-glutem

Muitas pessoas começaram a evitar o glúten … uma proteína encontrada no trigo, espelta, centeio e cevada (e alguns outros grãos). Quase um terço da população dos EUA, atualmente quer cortar glúten ou concordar com o sem glúten. Os fabricantes de alimentos têm visão das tendências e começam a oferecer todos os tipos de pratos sem glúten “alimentos saudáveis”. O problema com esses alimentos é que eles geralmente não são saudáveis. Em vez de um grão de glúten, eles são feitos com outros amidos, como o amido de batata, amido de tapioca ou alguns outros. Estes amidos são geralmente refinados, vazio de nutrientes e com reação rápida do açúcar no sangue, como o trigo. Mas, estes produtos são frequentemente carregados com açúcar e outros produtos químicos nocivos ou artificiais. Isto não se aplica aos alimentos que são naturalmente sem glúten, como carnes ou legumes. Se um produto diz que é “sem glúten” na embalagem, então, provavelmente é ruim para você.

Resumo: alimentos sem glúten são altamente processados e não são muito mais saudáveis do que suas contrapartes que contenham glúten. É melhor evitá-los.

8. Margarina e Manteiga Falsa

maleficios-da-margarina

Outro efeito colateral da histeria anti-gordura é uma multiplicidade, de assim chamados “alimentos saudáveis”, alternativas para manteiga. O exemplo mais notável delas é a margarina. É carregada com gorduras trans ou óleos vegetais modificados. O consumo de manteiga caiu, o consumo de margarina subiu. O problema disto, é que a manteiga é um alimento saudável. A margarina não é. Manteiga alimentada com relva, em particular, é uma fonte excelente do ácido gordo butirato e vitamina K2, os quais podem ter efeitos potentes sobre a saúde. Margarina é um alimento processado com ingredientes nocivos que podem deixá-lo doente. Em um grande estudo, substituindo a manteiga com margarina, o risco de morte por ataques cardíacos aumentou. Este é um grande exemplo de onde, cegamente, seguindo o conselho convencional, você pode cair numa armadilha.

Resumo: Margarina é um alimento processado pouco saudável, com ingredientes artificiais. Evite! use manteiga verdadeira.

9. Barras de Energia

maleficios-barras-energeticas

Barras energéticas estão no mesmo barco que as bebidas esportivas – a maioria das pessoas não precisa delas. Se você é um atleta de elite, que precisa desesperadamente manter a ingestão de proteína alta e comer a cada 2-3 horas, então, essas barras podem ser definitivamente convenientes. No entanto, a maioria das pessoas não precisam comer e muitas vezes estas barras não contêm nutrientes que você não consiga a partir de alimentos reais. As barras energéticas e barras de proteína são muitas vezes produtos processados. Mesmo com mais proteínas do que barras de chocolate, essas barras possuem pouco valor nutricional saudável. Açúcar, farinha branca, sabor artificial … isso é o que tem. Claro, existem algumas marcas mais saudáveis à ​​disposição, mas se você quiser evitar a porcaria, então você deve ler os rótulos! Se você está morrendo de fome e longe de casa, os tipos mais saudáveis ​​de barras energéticas pode certamente ser melhor do que um hambúrguer e uma Coca-Cola, mas o dinheiro mais bem gasto é com alimentos reais.

Resumo: Barras de energia e de proteína são muitas vezes produtos processados. A maioria das pessoas não precisa delas. Normalmente, com açúcar e outros ingredientes desagradáveis.

10. Comidas disfarçada de Baixo Carboidrato

Como as pessoas mudaram de ideia sobre a gordura, como sendo a raiz de todo o mal , algumas pessoas começaram a deixar para trás os carboidratos. Mais uma vez, os fabricantes de alimentos usam avisos de todos os tipos de lixo para mercado com o selo de “Baixo Carboidrato”. Mesmo que algo seja baixo em carboidratos, pode ajudar você a perder peso, ele ainda pode ser muito insalubre. Grandes exemplos são as barras de baixo carboidrato, produtos desagradáveis​​, altamente processados, ​​que ninguém deve comer. Se você está indo fazer uma dieta baixa em carboidratos, escolha os alimentos não transformados  em ‘reais’.

Resumo: Existem alguns alimentos saudáveis de baixo carboidrato transformados para o mercado, que são extremamente insalubres e carregados com ingredientes artificiais.

11. Cereais de Café da Manhã “Alimentos Saudáveis”

Cereais matinais são altamente processados e ​​não são saudáveis​. Na verdade, eles estão entre os piores alimentos que você pode comer. Muitas vezes, os cereais são carregados com açúcar e carboidratos refinados. Em seguida, os fabricantes fortalecê-los com algumas vitaminas sintéticas e colocam pequenas quantidades de cereais integrais na mistura para comercializar os seus produtos como saudável. Não se deixe enganar pelas etiquetas … baixo teor de gordura, sem gordura, grãos integrais, etc. Basta verificar a lista de ingredientes destes produtos, eles são geralmente carregados com açúcar. Começar o dia com um cereal com muita quantidade de açúcar irá prepará-lo para uma queda de açúcar no sangue no final do dia, seguido pela fome, ânsias e outros efeitos da refeição de alto carboidrato.

9 Alimentos Saudáveis para Perder Peso e se Transformar em um Super Humano

Agora é bola para frente… os SUPER alimentos Saudáveis que você pode e deve comer.Mesmo se você banir os alimentos modernos insalubres de sua dieta, você ainda pode comer uma variedade infinita de alimentos saudáveis ​​e deliciosos.

alimentos-saudaveis

 1. Carne

Isso inclui carne bovina, carne de porco, cordeiro, frango e vários outros animais.Os seres humanos são onívoros. Nós comemos carne por centenas de milhares ( senão milhões ) de anos.Nossa espécie se desenvolveu comendo uma combinação de animais e plantas.O problema hoje é que a carne não é como costumava ser. Muitas vezes parece que é carne, mas foi abatido de animais que comiam grãos, foram injetados hormônios e antibióticos para fazê-los crescer mais rápido.Se a carne provém de animais que não foram bombeados com drogas, a carne é um alimento extremamente saudável. A carne da vaca que come grama e foi criada em movimento, as galinhas de pasto, a carne de cordeiros que criados livres em torno do campo, é o que a carne deveria supostamente ser.Para usar as vacas como exemplo, sua fonte natural de alimentos é a grama, NÃO grãos. Carne de vacas que são alimentadas com capim tem um melhor perfil de nutrientes, incluindo:

– Mais Omega-3 e menos Omega-6.
– Muito mais Ácido Linoléico Conjugado (CLA) – o que pode diminuir a gordura corporal e aumentar a massa magra
– Mais vitamina A, vitamina E e o antioxidante glutationa celular

É uma ótima ideia consumir carne saudáveis, de animais naturalmente criados. No entanto, se o dinheiro está apertado, não se preocupe. Escolhendo carne convencionalmente cultivada, ainda é um milhão de vezes melhor do que a dieta padrão ocidental.

Conclusão: Coma a carne de animais que foram criados e alimentados de forma natural. É mais saudável e nutritiva. Se você não puder pagar, a carne dos animais alimentados com grãos ainda é uma opção muito melhor do que a dieta ocidental padrão.

2. Peixe

Inclui salmão, truta, arenque, bacalhau, sardinha e muitos outros.Em nutrição, as pessoas tendem a discordar muito. Entre as poucas coisas que todo mundo parece concordar é que o peixe é bom para você.O peixe é rico em proteínas de alta qualidade, vários nutrientes essenciais e Omega – 3 ácidos oleosos, que são excelentes para o cérebro, coração e várias outras partes do corpo.O ácido graxo ômega-3 é especialmente importante para a saúde mental e prevenção de doenças cardiovasculares Omega-3 é muito benéfico para a depressão, o que significa que comer peixe 1-2 vezes por semana pode literalmente fazer você se sentir melhor a cada dia.Devido à poluição dos oceanos, alguns peixes podem estar contaminados, mas os seus benefícios para a saúde ainda superam qualquer risco potencial levando eles a serem um dos Melhores Alimentos Saudáveis.

Conclusão: O peixe é muito saudável e comê-lo está associado com um risco muito menor de depressão, outros transtornos mentais e várias doenças crônicas.

3. Ovos

Os ovos estão entre os alimentos mais saudáveis ​​do planeta e a gema é de longe, a parte mais nutritiva.Imaginem, os nutrientes contidos em um ovo são suficientes para desenvolver uma cria da galinha, um novo animal.Apesar do medo passado pela calúnia das últimas décadas, comer ovos não lhe dará ataques cardíacos. Isso é um absurdo.Comer ovos muda o seu colesterol LDL de pequeno, denso (ruim) a grande LDL (bom), aumenta o HDL (bom colesterol) e fornece os antioxidantes luteína e zeaxantina único, que são extremamente importantes para a saúde dos olhos.Os ovos são ricos no índice de saciedade, o que significa que eles são particularmente propensos a fazer você se sentir completo e comer menos calorias no geral.Um estudo realizado em 30 mulheres com sobrepeso e obesas revelou que um pequeno-almoço de ovos (em comparação com um pão) fez comer menos calorias por até 36 horas.

Conclusão: Os ovos são extremamente nutritivo e são tão satisfatórios, que eles fazem você comer menos calorias num todo. Está entre os alimentos mais saudáveis ​​do planeta.

4. Verduras

Espinafre, brócolis, couve-flor, cenoura e muitos outros.Os vegetais são ricos em fibras, antioxidantes e muitos nutrientes que são importantes para o corpo humano.Em estudos de observação, comer vegetais está associado com um risco menor de câncer, diabetes e doença do coração.Comer legumes todos os dias é recomendável. Eles são Alimentos saudáveis​​, completos, baixa caloria e adiciona variedade à dieta.

Conclusão: Os vegetais são ricos em fibras, antioxidantes e nutrientes, mas muito pobre em calorias. Coma uma variedade de legumes todos os dias.

5. Frutas

Considerada saudável, recentemente a fruta tem estado sob ataque pesado, devido ao alto teor de frutose.Mas as frutas são mais do que apenas sacos de frutose. Eles são também ricos em fibras, antioxidantes, vitamina C, tem uma densidade energética baixa e são quase impossíveis de comer demais diante.Se você gosta de frutas, comê-los, mas não comer mais de uma peça por dia, se você precisa perder peso, eles ainda são muito ricos em carboidratos.

Conclusão: As frutas são alimentos Saudáveis reais. Elas são saborosas e aumentam a variedade na dieta e, sobretudo, não requerem uma preparação. Se você gosta de comer frutas, coma! Se você precisa perder peso, então provavelmente é melhor não comer mais do que uma por dia.

alimentos-saudaveis2

6. Nozes e Sementes

Inclui amêndoas, nozes, avelã, nozes de macadâmia, semente de girassol, semente de abóbora e muitos outros.Nozes e sementes contêm uma grande quantidade de nutrientes essenciais e são particularmente ricos em vitamina E e magnésio.Apesar de uma alta densidade de energia e sendo rica em gorduras, comer nozes está associado com a melhora da sensibilidade à insulina, diminui o peso corporal e melhora da saúde.No entanto, as nozes são ricas em calorias e podem dificultar a perda de peso para algumas pessoas. Portanto, sugere-se comer nozes com moderação.

Conclusão: Nozes e sementes são alimentos nutritivos, saudáveis ​​e geralmente associados à melhoria da saúde. Coma, mas não muito.

7. Tubérculos

Vegetais de raiz, como batatas e batatas doces são Alimentos saudáveis​​, nutritivos e saciantes.Muitos povos em todo o mundo consomem grandes quantidades de tubérculos e permanecem com a  saúde em dia.No entanto, eles ainda são muito ricos em carboidratos e impedem a adaptação metabólica necessária para colher os benefícios de dietas de baixo carboidrato.

Conclusão: Se você é saudável, ativo e não precisa perder peso, você pode comer tubérculos como batata e batata doce.

8. Gorduras e Óleos

Complemente sua dieta com algumas gorduras e óleos saudáveis, como manteiga, óleo de coco, banha de porco, óleo de oliva e outros.Se você não comer muito ômega-3 e / ou vitamina D3, inclua uma colher de sopa de óleo de fígado de bacalhau por dia. Não é delicioso, mas você vai se acostumar com isso.Para cozinhar a altas temperaturas é melhor escolher as gorduras saturadas, como óleo de coco e manteiga. A sua falta de ligações duplas torna-os mais resistentes ao calor elevado.Azeite extra virgem é nutritivo como complemento para saladas e para realçar o sabor.

Conclusão: Suplemento sua dieta com algumas gorduras saturadas e monoinsaturadas saudáveis. Se necessário, ter um pouco de óleo de fígado de bacalhau por dia. Escolha gorduras saturadas para cozinhar a altas temperaturas.

9. Laticínio com muita gordura

Queijo, nata, manteiga, iogurte integral de gordura.Produtos lácteos de alta gordura são ricos em gorduras saudáveis​​, cálcio e outros nutrientes.Se as vacas são alimentadas com capim, os produtos lácteos serão ricos em vitamina K2, importante para a saúde óssea e cardiovascular.Em um estudo de grande revisão publicado em 2012, o consumo de produtos lácteos ricos em gordura foi associado a um menor risco de ganho de peso ao longo do tempo.Estudos observacionais da Holanda e Austrália revelaram que aqueles que comem mais laticínios ricos em gordura, tiveram um risco menor de doença cardiovascular e morte, em comparação com aqueles que comem menos.É claro que esses estudos observacionais não provam que o leite com muita gordura causou a melhoria e nem que todos os estudos concordam com isso, mas com certeza, os estudos sugerem que os produtos lácteos ricos em gordura não são vilões.

O conselho de nutricionistas aconselha que os produtos lácteos com baixo teor de gordura (geralmente ricos em açúcar) são bastante questionáveis.

Conclusão dos Alimentos Saudáveis

Você é o que você COME!