Dieta de Baixo Carboidrato vs Dieta Vegetariana

Particularmente, nada contra os vegetarianos e vegans. Todo mundo tem o direito de tomar suas próprias decisões sobre a saúde e o que eles fazem com seus corpos. Não existe uma variedade de diferentes dietas perfeitas para que todas as pessoas obtenham resultados satisfatórios. O principal objetivo deste texto é ajudar as pessoas a tomar decisões informadas com base em evidências reais.

dieta-de-baixo-carboidrato

É Comum Escutar de Vegetarianos que a Dieta de Baixo Carboidrato é “Perigosa”

Há uma série de reivindicações feitas pelos proponentes vegans que se assemelham mais a propaganda do que qualquer outra coisa. Por exemplo, dizer que a dieta de baixo carboidrato é “perigosa” – que conduzem a doenças cardíacas, câncer e outros efeitos. Isto é completamente errado e não tem nenhuma base científica nisso. Neste artigo, a tentativa é a de desmascarar o mito de que as dietas vegetarianas e veganas são superiores às dietas de baixo carboidrato, pois a evidência científica diz que isso não é verdade .

Dieta de Baixo Carboidrato Demonstra Ser Superior à Dieta Vegetariana de pouca Gordura

Um estudo randomizado controlado comparando uma dieta baixa em carboidratos (Atkins) a uma de baixo teor de gordura, quase dieta vegana (Ornish). ECAs são os melhores tipos de estudos para provar causa e efeito em seres humanos. E esta é uma evidência científica, nada melhor. O estudo é chamado de A a Z  Estudo da Perda de Peso e foi conduzido por pesquisadores da Universidade de Stanford. Nele, foram testadas quatro dietas diferentes: Atkins, Ornish, Zona e APRENDA. A concentração aqui vai ser na Atkins e Ornish. Os personagens do estudo são as mulheres que estavam com sobrepeso ou obesas. A elas foi dado um livro de dieta, ou “Atkins ou a Coma Mais, Pondere Menos” e receberam alguns conselhos sobre como seguir as duas dietas. A dieta Atkins, como você sabe, é uma dieta de baixo carboidrato rica em gordura, que inclui muitos alimentos animais e vegetais. A dieta Ornish é uma dieta vegetariana com teor ultra-baixo de gordura (10% de calorias) que inclui quase nada de alimento de origem animal, pequenas quantidades de laticínios e ovos brancos são permitidos com moderação. Um total de 77 pessoas foram submetidas ao grupo da dieta de Atkins, enquanto 76 foram designados para a Ornish. O estudo se estendeu por 12 meses. Este estudo é representativo pelos resultados reais. Pessoas que compram um livro de dieta, fazendo um compromisso com uma dieta e fazem o seu melhor para seguir.

Resultado do Estudo

Todas as dietas são difíceis de furar. No final, o grupo Atkins reduziu a ingestão de carboidratos em 30% , enquanto o grupo Ornish tinha começou a comer cerca de 30% de gordura e alguma quantidade de derivado animal.
Perda de peso: Indivíduos no grupo Atkins perderam mais peso, , enquanto o grupo Ornish perderam apenas 2,6 kg. No entanto, a diferença não foi estatisticamente significativa em 12 meses.

Quando você olha para bioindicadores de saúde, você vê onde a dieta de baixo carboidrato realmente começa a brilhar:

Pressão Arterial Sistólica: queda de 7,6 mmHg em Atkins, uma queda de 1,9 mmHg na Ornish.

Pressão arterial diastólica: Abaixo 4.4 mmHg em Atkins, uma queda de 0,7 mmHg na Ornish.

HDL (o bom colesterol): Até 4,9 mg / dL em Atkins, não muda em nada a Ornish.

Os triglicéridios no sangue: diminuição de 29,3 mg / dL em Atkins, uma redução de 14,9 mg / dL em Ornish.

Outros indicadores como a glicose e a insulina também melhoraram na Atkins, mas não alcançaram significância estatística. O colesterol LDL melhorou ligeiramente na dieta Ornish, durante os dois primeiros meses, mas em seguida a diferença diminuiu e não foi estatisticamente significativa. Houve uma diferença impressionante na taxa de abandono. 88% do grupo de Atkins chegou ao fim, em comparação com 78% em Ornish. Para colocar os dados de outra forma, o risco relativo de abandono foi de 1,9 na dieta Ornish em comparação com a dieta Atkins, o que significa que os os praticantes da dieta vegetariana de baixo teor de gordura eram quase duas vezes mais propensos a não fazê-la até o final do estudo. Fora de todas as quatro dietas, os seguidores da dieta Atkins eram mais propensos a fazê-lo até o fim. No entanto, a diferença não foi estatisticamente significativa. Basicamente, existem várias vantagens muito importantes para a dieta Atkins, enquanto foram zero vantagens para a dieta Ornish. A dieta Atkins teve o melhor desempenho de todas as quatro dietas, enquanto Ornish foi de longe a pior. Esta é uma evidência científica e mostra que as dietas de baixo carboidrato (que incluem carne) são superiores às dietas veganas, pelo menos para as mulheres na pré-menopausa com sobrepeso / obesidade.

O estudo chinês

O estudo chinês é um estudo observacional que, aparentemente provou os efeitos nocivos dos alimentos de origem animal e tem sido muito usado como propaganda vegan. Este estudo foi um estudo observacional realizado por um cientista tendencioso que estava loucamente apaixonado por suas teorias. Citar um estudo observacional, quando você já tem ensaios clínicos randomizados, mostrando o resultado oposto é algo sem sentido. Os dados do estudo chinês tem sido analisado por cientistas objetivos e eles descobriram que os dados não suportam as conclusões do autor. Simplificando, o estudo chinês chega a conclusões derivadas da sua pseudociência. Leia estas excelentes artigos para críticas do estudo china :

Denise Minger – O Estudo da China: Fato ou Falácia?

Chris Masterjohn – O Dr. Campbell não vai dizer nada sobre o Estudo da China.

Ético? Talvez. Saudável? Não Mesmo.

Aplauso à todos aqueles que desejam evitar alimentos de origem animal por suas razões éticas. Mas, não perca o sono por comer outros seres vivos, a carne faz parte da humanidade. Mas a evidência de benefícios para a saúdedas dietas veganas é instável no seu melhor e principalmente, os dados citados são escolhidos à dedo. As dietas veganas podem ser mais saudáveis do que as dietas do padrão ocidental. Mas, praticamente qualquer dieta se encaixa nessa descrição. Certamente que a curto prazo, as pessoas podem ver enormes benefícios saudáveis de uma dieta vegan, o que reduz a sua ingestão de alimentos tóxicos, como a adição de açúcares, cereais refinados, gorduras trans e de alta ingestão de Omega-6 de óleos vegetais. Mas, com 100% de certeza, uma dieta baseada em plantas e que não inclui nada de alimentos de origem animal não pode ser mais saudável do que uma que inclui. Assim, da mesma forma como uma dieta de muito baixo carboidrato e baseada estritamente em alimentos de origem animal, seria muito mais saudável se contivesse pelo menos um pouco de vegetais. Os seres humanos são onívoros. Precisamos de ambos, animais e plantas.

Se Você Escolhe Ser Vegan Certifique-se dos Nutrientes que Você Precisa Ingerir

Toda pessoa tem o direito de decidir o que quer comer. Se você optar por ser vegan, certifique-se de ser prudente sobre sua dieta e busque todos os nutrientes que você precisa. Complementar é necessário. Leia livros sobre o assunto, mesmo que sejam tendenciosos contra a dieta de baixo carboidrato, ao menos vão saber como aplicar com segurança uma dieta vegan. No fim das contas, não há um caminho certo para comer. Algumas pessoas prosperam com a dieta de baixo carboidrato, que inclui alimentos de origem animal, outros que podem sentir-se bem em uma dieta vegan. A dieta de baixo carboidrato é comprovada por evidências científicas disponíveis, que  mostram que esta dieta é realmente saudável. Cursos diferentes para povos diferentes!

Perder Peso Rápido: 3 Simples Passos

Existem muitas maneiras de perder peso rápido. No entanto, a maioria delas vai fazer você ficar com fome e insatisfeito. Se você não tem uma força de vontade de ferro, a fome vai fazer com que você desista dos seus planos rapidamente. O plano de 3 etapas segue as diretrizes abaixo:

  • Reduzir o apetite de forma significativa.
  • Fazer você perder peso rapidamente, sem estar com fome.
  • Melhorar a sua saúde metabólica.

Tudo isso é associado por estudos científicos.

como-emagrecer-rapido

Passo 1 – Cortar Açúcar e Amido

A parte mais importante é cortar açúcares e amidos (carboidratos). Esses alimentos estimulam uma maior secreção de insulina. Se você já não sabe, a insulina é o principal hormônio de armazenamento de gordura do corpo. Quando a insulina cai, a gordura tem mais facilidade para sair do lugar de reservas e o corpo começa a queimar gordura ao invés de carboidrato. Outro benefício da queda da insulina, é que os rins repelem o sódio e a água para fora do seu corpo, o que reduz o peso e o inchaço. Não é incomum perder peso na primeira semana comendo desta forma, tanto o peso de gordura corporal como água. Um estudo feito comparando dietas de baixa gordura e de baixo carboidrato, com mulheres portadoras de sobrepeso / obesidade, mostrou que o grupo da dieta de carboidrato se alimenta plenamente. Enquanto o grupo de baixo teor de gordura possui restrição calórica e fome. Ao cortar os carboidratos, a insulina diminui e automaticamente a vontade de comer passa, logo uma menor ingestão de calorias. Simplificando, a baixa da insulina coloca a perda de gordura em “piloto automático”.

Resumo: A remoção de açúcares e amidos (carboidratos) de sua dieta, reduz os níveis de insulina,corta o apetite e você perde peso rápido sem passar fome.

Passo 2 – Coma Proteína, Gordura e Vegetais

Toda refeição deve incluir uma fonte de proteína, uma fonte de gordura e legumes de baixo carboidrato. Construindo as refeições desta forma, automaticamente a sua ingestão de carboidratos estará dentro do intervalo recomendado, de 20-50 gramas por dia.

Fontes de proteína:

Carne – carne, frango, porco, cordeiro, bacon, etc.
Peixes e frutos do mar – salmão, truta, camarão, lagostas, etc.
Ovos – Omega-3 ovos enriquecidos ou ovos de pasto, os melhores.

A importância de comer muita proteína não pode chegar ao exagero, pois esse consumo demasiado aumenta o metabolismo de 80 a 100 calorias por dia. As dietas ricas em proteínas também podem reduzir os pensamentos obsessivos por comida em até 60%, reduz o desejo pela metade de comer merendas no fim da noite e satisfaz (enche).  Ess processo, automaticamente diminui em 441calorias a menos por dia … apenas adicionando proteína em sua dieta. Quando se trata de perder peso, a proteína é o rei dos nutrientes.

Vegetais de Baixo Carboidrato:

Brócolis; Couve-Flor; Espinafre; Couve; Couves de Bruxelas; Repolho; Chard suíço; Alface; Pepino; Aipo

Não tenha medo de encher o seu prato com esses vegetais de baixo carboidrato. Você pode comer grandes quantidades sem passar dos limites de carboidrato por dia (entre 20-50g). Uma dieta baseada em carne e vegetais contém todas as fibras, vitaminas e minerais que você precisa para ser saudável. Não há necessidade fisiológica de grãos na dieta.

Fontes de Gordura:

Azeite; Óleo de coco; óleo de abacate; Manteiga; Sebo

Coma 3 refeições por dia. Se estiver com fome de tarde, adicione uma quarta refeição. Não tenha medo de comer gordura. Tentar fazer as duas coisas ao mesmo tempo (baixo carboidrato e baixo teor de gordura) ao mesmo tempo; é uma receita para o fracasso. Esse plano vai fazer você se sentir miserável e abandonar a dieta. A melhor gordura de cozinha para usar é o óleo de coco. É rico em gorduras chamados triglicerídeos de cadeia média (TCM). Estas gorduras são mais satisfatórias do que as outras e podem aumentar o metabolismo..
Não há razão para temer as gorduras naturais, pois os novos estudos mostram, que a gordura saturada não aumenta o risco de doença cardíaca.

Resumo: Monte as refeições com uma fonte de proteína, uma fonte de gordura e um vegetal de baixo carboidrato, isso vai adequar às 20-50 gramas de carboidrato por dia e reduzir drasticamente seus níveis de insulina.

Passo 3 – Malhar 3 vezes por Semana

Você não precisa se exercitar para perder peso rápido neste plano, mas é recomendado. A melhor opção é ir ao ginásio 3-4 vezes por semana. Fazer um aquecimento, levantar pesos e se alongar. Se você é novo na academia, peça a um treinador alguns conselhos. Ao levantar pesos, você vai queimar algumas calorias e manter o seu metabolismo em um bom nível, o que é um efeito colateral comum da perda de peso. Estudos sobre dietas de baixo carboidrato mostram que você pode até ganhar um pouco de músculo ao perder quantidades significativas de gordura corporal. Se levantar pesos não é uma opção para você, então faça alguns exercícios ‘cardio’ mais fáceis como correr, nadar ou andar, o suficiente.

Resumo: É melhor fazer algum tipo de treinamento de resistência , como levantamento de peso. Se isso não for uma opção, exercícios cardio trabalhar também.

Opcional – Tirar um Dia da Semana para Comer Mais

Você pode ter um “off” da dieta regrada, um dia por semana, se permitir mais carboidratos. As pessoas preferem o sábado. É importante tentar furar as fontes de carboidratos mais saudáveis, como aveia, arroz, quinoa, batatas, batatas-doces, frutas, etc. Mas só neste dia, até porque se você começar a fazer isso com mais freqüência do que uma vez por semana, o plano vai por água à baixo. Se você quer fraudar a dieta, faça isso neste dia. Esteja ciente de que os descontroles alimentares não são necessários, mas podem regular alguns hormônios que ajudam com a queima de gordura, como a leptina e hormônios da tireoide. Você vai ganhar um pouco de peso durante o dia de permissão, mas a maioria vai ser água, rapidamente perdida.

Resumo: Tendo um dia da semana em que você pode comer mais carboidratos, é algo perfeitamente aceitável, embora não seja necessário.

Quanto ao Controle das Calorias e Porções?

NÃO é necessário contar calorias quando você mantem os carboidratos baixo e mantem a proteína, gordura e legumes também de baixo carboidrato (low- carb). No entanto, se você realmente quer, existem muitos contadores de calorias e você pode usar para controlar a quantidade de calorias que você está comendo. O objetivo principal é manter os carboidratos sob 20-50 gramas por dia e completar as calorias com proteína e gordura, assim perder peso rápido fica mais fácil.

Resumo: Não é necessário contar calorias para perder peso rápido neste plano. É mais importante manter estritamente os carboidratos na faixa de 20-50 gramas.

Outra Dica para Fazer as Coisas mais Fáceis para Perder Peso rápido (e mais rápido)
Aqui estão sete dicas para perder mais peso ainda mais rápido:

Beba Mais Água – Um estudo mostra que beber água meia hora antes das refeições ajuda você a comer menos calorias e perder 44% a mais de peso.Também pode aumentar o metabolismo.

Beber café ou chá – Se você é um café ou um bebedor de chá, em seguida, por todos os meios beber tanto quanto você quer como ambos podem aumentar o seu metabolismo.

Comer um pequeno-almoço de alta proteína – Estudos mostram que as pessoas que substituem o café da manhã à base de grãos por alta proteína, como ovos, se sentem mais satisfeitos pelas próximas 36 horas e perdem até 65% mais peso.

Coma fibra viscosa – Suplementos de fibras viscosas podem ajudar a perder peso, especialmente em torno da área da barriga.

Escolha Alimentos Saudáveis – Certos alimentos são particularmente úteis para perder gordura.

Use pratos menores – Estudos mostram que as pessoas comem menos, quando usam pratos menores. Estranho, mas funciona.

Sono melhor – Sono é um dos fator de risco para o ganho de peso e obesidade, cuidar do seu sono é importante.

Resumo: É mais importante ficar com as três regras, mas há algumas outras coisas que você pode fazer para acelerar as coisas.

Como Acelerar a Perda (e outros Benefícios)

Você pode perder peso rápido na primeira semana e desacelerar um pouco depois disso. Se você é novo fazendo dieta, as coisas vão provavelmente acontecer mais rápido. O peso você vai perder. Nos primeiros dias, você pode sentir-se um pouco estranho. Seu corpo queima carboidrato durante todos esses anos e isso pode levar algum tempo para que o seu organismo se acostume com a queima de gordura em seu lugar. Chama-se a “gripe de baixo carboidrato”. O sódio na dieta pode ajudar com isso, como exemplo, a dissolução de um cubo de caldo de carne em uma xícara de água quente e beber. Depois disso, a maioria das pessoas relatam sentir-se bem, positivo e energético. Neste ponto, você será oficialmente vai se tornar um “animal da queima de gordura.” Apesar das décadas ds histeria anti-gordura, a dieta de baixo carboidrato também melhora a sua saúde de muitas maneiras:

– Açúcar no sangue tende a diminuir nas dietas de baixo carboidrato
– Triglicérides tendem a cair
– LDL pequeno e denso (mau colesterol) também diminui
– HDL (bom colesterol) aumenta
– A pressão arterial melhora significativamente

As dietas de baixo carboidrato parecem ser mais fáceis de seguir do que dietas de baixa gordura.

Resumo: Você pode perder muito peso, mas perder peso rápido depende de cada pessoa. Dietas de baixo carboidrato melhoram a sua saúde de muitas formas.

Você não Precisa Sofre tanto para Perder Peso Rápido

Se você tiver restrição, fale com o seu médico antes de fazer mudanças no seu plano e reduza os medicamentos. Ao reduzir carboidratos e os níveis de insulina, você muda o ambiente hormonal e faz seu corpo e cérebro “querer” perder peso rápido. Isto leva a uma redução drástica do apetite e da fome, eliminando a principal razão que a maioria das pessoas falham com os métodos convencionais de perda de peso e isso comprova a perda de cerca de 2-3 vezes a mais de peso, do que uma típica dieta de restrição calórica com baixo teor de gordura. Outro grande benefício para as pessoas impacientes, é que a queda inicial no peso de água pode levar a uma grande diferença na escala, já na manhã seguinte. Relativamente a este plano, você pode comer boa comida até a plenitude e ainda perder uma tonelada de gordura. Bem vindo ao Paraíso.

Perda de Peso Rápida: Conclusão

Você pode fazer tudo acima para perder peso rápido, mais só você e sua força de vontade vão lhe fazer chegar ao sucesso.Te Espero daqui 30 dias pelo menos com 5kg a menos. (Aguardo seu comentário Abaixo) 🙂

7 Refeições Saudáveis de Baixo Carboidrato Feitas em até 10 minutos

O que comer o tempo todo?  seria uma boa ideia um artigo com um pouco de refeições simples de baixo carboidrato. Usa-se apenas um punhado de ingredientes, mas são refeições que podem ser preparadas em menos de 10 minutos … e ainda assim, gostosas. Todas as refeições saudáveis de baixo carboidrato ajudam na perda de peso.

refeicoes-com-baixo-carboidrato

1. Ovos Vegetais Fritos com Óleo de Coco

Perfeito para o café da manhã de todos os dias. Ingredientes: Óleo de coco , Espinafre , Mix de legumes (cenoura , couve-flor , brócolis, vagem) e Especiarias.

Instruções Refeições Saudáveis de Baixo Carboidrato:

1. Adicione o óleo de coco na frigideira e aqueça.
2. Adicione vegetais. A mistura de vegetais pode ser congelada, desta forma, deixe-os derreter na panela por alguns minutos.
3. Adicione os ovos (eu uso 3 ou 4) .
4. Adicione especiarias. Eu uso uma mistura de especiarias, embora o sal e a pimenta funciona sempre muito bem.
5. (Opcional) Adicione o espinafre.
6. Chegue ao seu ponto e pronto.

2. Asas de Frango Assadas com Vegetais e Sauce (molho)

Come algo igual a asinha de frango, soa  “primitivo” a carne perto do osso … adoro isso. Ingredientes: Asas de frango, especiarias, alguns verdes , salsa.

Instruções Refeições Saudáveis de Baixo Carboidrato:

1. Coloque tempero nas asas de frango (eu uso uma mistura de especiarias de frango) .
2. Introduza no forno, o calor a 180-200 ° C durante cerca de 40 minutos.
3. Asse os pedaços até que fiquem morenos e crocantes.
4. Sirva com alguns vegetais e ‘salsa’

3. Bacon e Ovos

Não pode ser considerado exatamente um alimento de saúde. O bacon é uma carne processada, antes de mais nada. Mas, ainda assim é uma opção de baixo carboidrato e você pode comê-lo em uma dieta para perder peso. Particularmente, comer bacon e ovos uma ou duas vezes por semana, pode ser bom para você. Ingredientes: bacon, ovos.

Instruções Refeições Saudáveis de Baixo Carboidrato:

1. Adicione o bacon à panela, frite até que esteja pronto.
2. Coloque o bacon em um prato, frite alguns ovos (3-4) na gordura do bacon.
3. (Opcional) Se você quiser adicionar algum sabor aos ovos, coloque um pouco de sal marinho.

4. Carne Moída com Fatias de Pimentão

Esta é uma refeição para comer de vez em quando. É bom para quando você tem alguma carne moída sobrando. Ingredientes: óleo de coco, cebola, carne moída, Espinafre , especiarias e um pimentão.

Instruções Refeições Saudáveis de Baixo Carboidrato:

1. Corte uma cebola em pequenos pedaços.
2. Coloque o óleo de coco na panela e aqueça.
3. Adicione a cebola à panela, mexa por um ou dois minutos.
4. Adicione a carne moída.
5. Adicione algumas especiarias (eu uso uma mistura de especiarias , mas o sal e a pimenta atendem a necessidade).
6. Adicione o espinafre .
7. (Opcional) Se você quiser apimentar um pouco , adicione um pouco de pimenta preta e pimenta em pó.
8. Mexa e frite até o ponto certo, sirva com um pimentão cortado.

5. Cheeseburger Sem Pão

Esta é uma refeição que nunca cansa. Burgers sem o pão, com algumas fatias de queijos e servido com espinafre cru. Ingredientes: Manteiga , hambúrgueres, queijo cheddar, creme de queijo, salsa , especiarias, espinafre.

Instruções Refeições Saudáveis de Baixo Carboidrato:

1. Coloque a manteiga na frigideira, aqueça.
2. Adicione hambúrgueres e especiarias.
3. Vire e encontre o ponto certo.
4. Adicione algumas fatias de cheddar e um pouco de creme de queijo no topo.
5. Abaixe o fogo e coloque uma tampa na panela até que o queijo derreta.
6. Sirva com alguns espinafre. Gosto de derramar alguma da gordura a partir do recipiente em cima do espinafre .
7. Para fazer os hambúrgueres ainda mais suculento, adicione um pouco de molho no topo.

6. Pedaços de Peito de Frango Frito

O peito de frango é bom quando é feito na manteiga​​. Ingredientes: manteiga , Peito de Frango , sal, pimenta , alho, curry e legumes.

Instruções Refeições Saudáveis de Baixo Carboidrato:

1. Corte o peito de galinha em pedaços pequenos.
2. Adicione a manteiga na panela e aqueça.
3. Adicione os pedaços de frango.
4. Adicione sal, pimenta , curry e alho.
5. Frite e mexa até que o frango fique no ponto, com a textura crocante.
6. Sirva com alguns vegetais.

7. Pizza Falsa com Base de Carne…

Refeições Saudáveis de Baixo Carboidrato: Se você sente falta da pizza, então você vai adorar esta. Tem um sabor ainda melhor, sem todos os ingredientes desagradáveis. Esta receita é muito fácil de modificar e você pode adicionar o que você quiser … legumes, cogumelos, queijos, etc. Ingredientes: carne moída, salsa(molho), cebola, especiarias, alho (em pó), queijo ralado e bacon.

instruções Refeições Saudáveis de Baixo Carboidrato:

1. Corte as cebolas em pequenos pedaços e o bacon em fatias pequenas.
2. Misture a carne moída, salsa (molho), cebola, especiarias e alho em pó no fundo de uma assadeira.
3. Adicione queijo ralado por cima.
4. Espalhe fatias de bacon sobre toda a travessa.
5. Coloque no forno, em 180-200 ° C por 30-40 minutos, até bacon e o queijo parecerem crocantes.

Refeições Saudáveis de Baixo Carboidrato Conclusão

Existem muitas Refeições Saudáveis de Baixo Carboidrato e que ficam prontas bem rápido.

Dietas de Baixo Carboidrato: Saudável, mas Difícil de Manter?

Muitas autoridades da saúde já começaram a reconhecer os benefícios saudáveis das dietas de baixo carboidrato. No entanto, não parece que eles vão entrar na corrente principal. Apesar dos benefícios comprovados, profissionais de nutrição ainda relutam em recomendá-las, pois, aparentemente, elas são difíceis de serem mantidas. Esse mito precisa ser superado, de uma vez por todas.

dieta-de-baixo-carboidrato-2

Estudos Mostram que dietas de Baixo Carboidrato Têm Bom Consentimento

Muitos ensaios clínicos randomizados comparam as dietas de baixo carboidrato ao padrão de cuidados … um baixo teor de gordura , dieta de restrição calórica. Quando você olha para estes estudos, você vê que as dietas de baixo carboidrato não são mais difíceis de serem mantidas. É um mito. A maioria desses estudos (não todos) mostram que mais pessoas nos grupos de baixo carboidrato conseguem alcançar o objetivo e o fim da dieta. A média abaixo vale para os dados das pessoas que chegaram ao fim e cumpriram todo um ciclo:.

– A média para dietas de baixo carboidrato: 79,51 %

– A média para dietas de baixa gordura: 77,72 %

Os resultados são claros. As dietas de baixo carboidrato são mais fáceis de manter. A diferença não é enorme, mas é muito claro que dietas de baixo carboidrato são, pelo menos, mais fáceis de manter do que dietas de baixa gordura.

Dietas de Baixo Carboidrato Reduzem o Apetite

As dietas de baixo carboidrato contornam o principal efeito colateral de se fazer uma dieta … a fome. A restrição à carboidratos reduz o apetite. A razão para isto ainda não é conhecida, mas existem muitas teorias. Alguns acreditam que é por causa da redução dos níveis de insulina, outros porque tem algo a ver com um hormônio chamado leptina. O mecanismo exato não importa, no fim das contas, apenas o fato de saber que as dietas de baixo carboidrato levam a uma redução automática na ingestão de calorias, já é o suficiente. Esta é a razão para as dietas de baixo carboidrato serem mais fáceis de serem mantidas. Ao comer pouco carboidrato, você começa a comer uma comida melhor e se sentir satisfeito … e ainda perder peso.

8 Razões para Comer Gorduras Saturadas

Os seres humanos começaram a comer gorduras saturadas há centenas de milhares de anos atrás. Mais recentemente, as gorduras saturadas foram demonizadas como causa de doenças cardíacas. Mas, novos dados mostram que esse paradigma é completamente falso e aqui estão 8 razões para não ter medo das gorduras saturadas.

gordura-saturada

1. Gordura Saturada Aumenta o Tamanho do Colesterol LDL

O colesterol é uma molécula absolutamente vital. Cada membrana celular do nosso corpo está carregada de colesterol que é aproveitado pelo organismo para ser transformado em hormônios como o cortisol, testosterona e estradiol. Sem colesterol, morreríamos. Nosso corpo desenvolveu mecanismos capazes de  fabricá-lo, para ter certeza de que sempre teremos o suficiente. Mas uma proteína que transporta o colesterol no sangue, a lipoproteína de baixa densidade (LDL), tem sido associada a um alto risco de doença cardíaca. No entanto, novos dados mostram que existem subtipos de LDL:

  • LDL pequena e densa, são partículas que podem facilmente penetrar a parede arterial.
  • LDL Grande, são partículas macias como bolas de algodão. Estas partículas não estão associadas com o risco de doença cardíaca.

As gorduras saturadas elevam o grande subtipo de LDL, o que significa que os efeitos de angariação de colesterol das gorduras saturadas (que são leves) são irrelevantes.

Resumo: as gorduras saturadas elevam levemente o LDL grande, um subtipo de LDL benigno que não está associado a doenças cardíacas.

2. Gordura Saturada Aumenta o Colesterol HDL (o colesterol bom)

Por causa do momento de medo, criado contra as gorduras saturadas, é que elas acabam afetando o outro tipo de colesterol HDL (lipoproteína de alta densidade), também conhecido como o colesterol “bom”. O HDL executa a tarefa de transportar o colesterol para longe das artérias, direcionando-o para o fígado, onde ele pode ser tanto excretado como reutilizado. O alto índice de HDL diminui o risco de doenças do coração e as gorduras saturadas elevam os níveis de HDL no sangue.

Resumo: Comer gorduras saturadas aumentam os níveis sanguíneos de HDL (o colesterol “bom”), o que pode reduzir o risco de doença cardíaca.

3. Gordura Saturada Não Causa Doença Cardíaca

Um artigo potencial publicado em 2010, analisou dados de 21 estudos, com um total de 347,747 pessoas. Este artigo descobriu que não há absolutamente nenhuma associação entre a gordura saturada e o risco de doença cardíaca. Outras revisões sistemáticas, compartilham de que literalmente nenhuma evidência se sustenta. A ideia de que a gordura saturada causa  doença cardíaca sempre foi um mito, todo esse tempo, com base em estudos falhos e suportado por cientistas tendenciosos, em amor com suas teorias. De alguma forma isso se tornou um conhecimento popular, até que os meios de comunicação e profissionais de saúde aceitaram essa ideia de que “a gordura saturada entope as artérias”.

Resumo: Não há absolutamente nenhuma evidência que comprove a associação da gordura saturada com a doença cardíaca. É um mito que nunca foi comprovado.

4. Gordura Saturada Pode Diminuir o Risco de Acidente Vascular Cerebral

Um acidente vascular cerebral é causado por um distúrbio do fluxo sanguíneo para o cérebro, pode danificar o tecido cerebral e está entre as causas mais comuns de incapacidade e morte nos países ocidentais. O AVC é a segunda principal causa de morte nos países de média e alta renda, logo após as doenças cardíacas. Há vários estudos que mostram que o consumo de gordura saturada está associada com um risco reduzido de acidente vascular cerebral, embora nem sempre é estatisticamente significativo.

Resumo: O AVC é uma das principais causas de morte. Vários estudos mostram que o consumo de gordura saturada está associado com um risco reduzido de acidente vascular cerebral.

5. Gordura Saturada Não se Limita à Alta Temperatura

As gorduras saturadas são muito menos propensas a reagirem ao oxigênio do que as gorduras insaturadas. As gorduras insaturadas, especialmente os ácidos gordos polinsaturados, contêm muitas ligações duplas e são portanto propensos à oxidação. Quando as gorduras insaturadas reagem ao oxigênio durante a culinária de alta temperatura, elas formam subprodutos tóxicos com aspecto rançoso. Portanto, as gorduras saturadas, como a manteiga e o óleo de coco são as melhores opções quando você precisa cozinhar alguma coisa em alta temperatura.

Resumo: Para cozinhar em altas temperaturas, as gorduras saturadas são as melhores opções, pois são mais estáveis ​​e não reagem ao oxigênio tão facilmente.

6. Alimentos com Gordura Saturada são Nutritivos

Existem muitos alimentos saudáveis ​​que são naturalmente ricos em gordura saturada. Estes alimentos tendem a ser altamente nutritivos e contêm uma grande quantidade de vitaminas solúveis em gordura. Os principais exemplos são carnes, ovos , órgãos e laticínios ricos em gordura. A chave aqui é comer animais que comeram alimentos que eram naturais a eles, como vacas alimentadas com capim, que são muito mais nutritivas do que as cultivadas por outro tipos de pecuária. A carne das vacas que pastam e se alimentam de capim, é especialmente rica em vitaminas lipossolúveis,  como a vitamina A, E e K2.

Resumo: Alimentos naturais contêm gorduras saturadas e são geralmente muito nutritivos, especialmente ricos em vitaminas lipossolúveis.

7. Dieta Rica em Gordura Saturada é Bom para Perda de Peso

Muitas vezes ouvimos que “dietas ricas em gordura” fazem você engordar. No entanto, isso é apenas uma meia-verdade. Essas dietas engordam porque geralmente contêm carboidratos refinados, açúcar e não apenas um monte de gordura. As dietas ricas em gordura e pouco carboidrato, tem o efeito oposto. As dietas pobres em carboidratos são geralmente ricas em gordura saturada e fazem você perder mais peso do que dietas pobres em gordura. Além disso, as dietas ricas em gordura saturada possui biomarcadores saudáveis, mais relevantes do que as dietas de baixa gordura.

8. Gordura Saturada Tem um Sabor Maravilhoso

Bacon, queijo, carne, ovos, manteiga … uma vida rica em gordura saturada com certeza é uma vida melhor do que sem ela.

As 15 Razões para Você Não Emagrecer com Dietas de Baixo Carboidrato

As dietas de baixo carboidrato são muito eficazes e isso é um fato científico. No entanto, como acontece com qualquer dieta, as pessoas às vezes param de perder peso antes que atinjam o patamar desejado. Aqui estão as 15 principais razões pelas quais você não está perdendo peso com uma dieta de baixo carboidrato.

dieta-carboidrato

1. Você está Perdendo Peso, Você que Não Percebe

A perda de peso não é um processo linear. Se você pesar-se todos os dias, vai perceber que o peso uma hora cai e outra sobe. Isso não significa que a dieta não está funcionando, contanto que a tendência seja cair sempre. A maioria das pessoas perdem peso na primeira semana da dieta de baixo carboidrato, mas é principalmente o peso da água. A perda de peso vai abrandar significativamente após essa fase inicial. A perda de peso não é o mesmo que a perda de gordura. É possível, especialmente se você é novato em musculação, que ao mesmo tempo faz ganhar músculo e perder gordura. Para se certificar de que você está perdendo, use algo que não seja apenas a variação de peso(que é uma grande mentirosa). Use uma fita métrica para medir sua circunferência da cintura e ter o seu percentual de gordura corporal medido a cada mês. Além disso, tire fotos. Tome nota de como suas roupas se encaixam, se elas estão mais soltas, então você está perdendo gordura, não importando o que a variação de peso diz.

Resumo: A perda de peso não é linear e não há muito mais peso além da gordura corporal. Seja paciente e utilize outras formas de medir a sua perda de peso.

2. Você Não Está Cortando o Suficiente de Carboidrato

Algumas pessoas são mais sensíveis do que as outras quando se trata de carboidratos. Se você está comendo pouco carboidrato e seu peso está estável, então você vai querer diminuir ainda mais o carboidrato. Nesse caso, tente menos de 50 gramas de carboidratos por dia, o que vai exigir que você elimine a maioria das frutas da sua dieta, embora você possa incluir as bagas em pequenas quantidades. Se isso não funcionar, teste como fica com 20 gramas/dia, pois temporariamente pode funcionar … comendo apenas proteínas, gorduras saudáveis ​​e folhas verdes. Para certificar-se de que você está realmente comendo pouco carboidrato, crie uma conta gratuita no Fitday e insira sua ingestão de alimentos.

Resumo: Se você é sensível ao carboidrato, então você pode eliminar temporariamente as frutas e comer menos de 50 gramas de carboidratos por dia.

3. Você Sempre Está Estressado

Infelizmente, nem sempre comer saudável e fazer exercício físico é o suficiente. Precisamos ter certeza de que nosso corpo está funcionando da melhor forma e que o nosso ambiente hormonal é favorável. Estar sempre estressado o tempo mantém o corpo em um estado constante de “luta ou fuga” – com níveis elevados de hormônios do estresse, como o cortisol, que em níveis cronicamente elevados,  podem aumentar sua fome e desejo por alimentos não saudáveis​​. Se você quiser reduzir a tensão, tente meditação e exercícios de respiração profunda. Corte as distrações como Facebook,  mídias de notícias e leia mais livros.

Resumo: O estresse crônico pode ter efeitos negativos sobre o seu ambiente hormonal, acarretando em mais fome e impedindo a perda de peso.

4. Você Não Está se Alimentando com Comida de Verdade

Uma dieta de baixo carboidrato é mais do que apenas reduzir o consumo de carboidratos. Você tem que substituir esses carboidratos com alimentos nutritivos, comida de verdade. Jogue fora todos os produtos de carboidrato processado, como barras de cereais, isso não é comida de verdade e não são boas para sua saúde. Atenha-se a carnes, peixes, ovos, vegetais e gorduras saudáveis ​​se você precisa perder peso. Além disso, “mimos” como Biscoitos e Bolos podem causar problemas, embora eles sejam feitos com ingredientes saudáveis, eles devem ser considerados como guloseimas, não algo que você come todos os dias. O que também é importante é comer o suficiente GORDURA. Se você tenta cortar carboidratos e gordura, você vai acabar com uma fome voraz e vai se sentir um lixo. Comer uma dieta apenas com proteína é uma ideia muito ruim. Pouco carboidrato, proteína e um teor de gordura moderado é o caminho a percorrer se você quiser entrar em cetose, que é o ambiente hormonal ideal para queimar gordura corporal.

Resumo: É necessário substituir os carboidratos, com alimentos nutritivos reais. Para perder peso, escolha as carnes, peixes, ovos, gorduras saudáveis ​​e legumes.

5. Você Está Comendo Muita Nozes

As nozes são alimentos reais, não há dúvida sobre isso. Elas também são muito ricas em gordura. Amêndoas, por exemplo, possui cerca de 70 % de calorias como gordura. No entanto, as nozes são muito fácil de comer. A sua crocância e alta densidade de energia nos dá a capacidade de comer grandes quantidades sem sentir-se cheio. Eu, pessoalmente, posso comer um saco de nozes e ainda assim não me sentir satisfeito, apesar de que um saco contém mais calorias do que uma refeição. Se você merenda nozes todos os dias (ou pior, nozes amanteigadas), então você está ingerindo calorias em exagero.

Resumo: Nozes têm uma densidade de energia muito alta e são fáceis de comer. Se você está constantemente lanchando isso, tente eliminar.

6. Você Não Está Dormindo Bem

O sono é extremamente importante para a saúde em geral e os estudos mostram que a falta de sono se correlaciona com o ganho de peso e obesidade. A falta de sono pode nos fazer sentir mais fome. Ele também irá fazer-nos cansados, menos motivados ao exercício físico e a alimentação saudável. O sono é um dos pilares da saúde. Se você está fazendo tudo certo, mas ainda não está ficando bom, então você não chegar nos resultados que você poderia alcançar. Se você tem um distúrbio do sono, consulte um médico. Eles são muitas vezes facilmente tratável. Algumas dicas para melhorar o sono:

  • Evite cafeína depois de duas horas .
  • Durma em completa escuridão.
  • Evite álcool e exercício físico nas últimas horas antes de dormir .
  • Faça algo relaxante antes de dormir, como a leitura .
  • Tente ir para a cama em um horário semelhante toda noite.

Resumo: O sono é absolutamente crucial para a saúde. Estudos mostram que a falta de sono pode fazer você comer mais e ganhar peso.

7. Você Está Ingerindo Muito Laticínio

Outro alimento de baixo carboidrato que pode causar problemas a certas pessoas, são os laticínios. Alguns produtos lácteos, apesar de serem de baixo teor de carboidratos, ainda são muito ricos em proteínas. As proteínas, assim como os carboidratos, podem elevar os níveis de insulina, que armazena energia. A composição de aminoácidos em proteínas lácteas, aumenta vertiginosamente a insulina. Na verdade, as proteínas lácteas podem levar a picos de insulina, assim como o pão branco. Mesmo que você tolere bem os produtos lácteos, comendo-os frequentemente vai aumentar a insulina e isso pode ser prejudicial à adaptação metabólica, que precisa colher todos os benefícios da dieta de baixo carboidrato. Neste caso, evite o leite, corte o queijo, iogurte e creme de leite. A manteiga é bom, pois é muito baixa em proteínas e lactose, portanto, não chega a picos de insulina.

Resumo: A composição de aminoácidos em proteínas lácteas leva a picos de insulina. Tente eliminar todos os produtos lácteos, exceto manteiga.

8. Você Não Está se Exercitando Corretamente (ou sequer está)

Você não deve exercitar-se com o objetivo de queimar calorias. As calorias queimadas durante o exercício são geralmente insignificante, pois podem voltar em algumas mordidas extras. No entanto, o exercício é fundamental para a saúde física e mental. Exercício, em longo prazo, pode ajudá-lo a perder peso, melhorar a sua saúde metabólica, aumentar sua massa muscular e fazer você se sentir incrível. Mas é importante fazer o tipo certo de exercício. Nada além de fazer cardio na esteira, é improvável conseguir os bons resultados e fazendo demais pode até ser prejudicial.

Levantamento de peso – o que irá melhorar muito o seu ambiente hormonal e aumentar sua massa muscular, o que irá ajudar a perder peso em longo prazo.

Intervalo de formação – fazer intervalos é uma excelente forma de melhorar o cardio, o metabolismo e aumentar seus níveis do hormônio de crescimento humano.

Baixa intensidade – se ativo e fazendo algum trabalho de baixa intensidade, como caminhar, é uma ótima ideia. O corpo humano foi projetado para se movimentar, não para sentar em uma cadeira durante todo o dia.

Resumo: Os exercícios melhoram o seu ambiente hormonal, aumentam a sua massa muscular e fazem você se sentir incrível.

9. Você Está Consumindo Muito Adoçante

Apesar de alguns adoçantes sem calorias, eles podem afetar nossos níveis de apetite. Vários estudos mostram que os adoçantes artificiais podem afetar o apetite, negativa ou positivamente, em alguns casos, fazendo as pessoas comer mais calorias no geral. Além disso, o consumo de adoçantes artificiais está associado com o ganho de peso a longo prazo. Isso provavelmente depende do indivíduo, mas se você está ingerindo um monte de adoçantes e não estão perdendo peso, então você pode excluí-lo da sua dieta.

Resumo: Apesar de ser livre de calorias, os adoçantes artificiais podem afetar o apetite e em alguns casos, aumentar o número de calorias totais.

10. Você Tem uma Condição Médica Seguindo o seu Caminho

Existem certos medicamentos que são conhecidos por estimular o ganho de peso. Se você olhar para a lista de efeitos secundários e reparar que os medicamentos que você está tomando está na lista de “ganho de peso”, então marque uma consulta com o seu médico. Talvez há uma outra droga disponível que não cause ganho de peso. Se você está fazendo tudo certo e ainda não estão obtendo resultados, então talvez você tem algum problema médico subjacente. Muitos distúrbios hormonais podem causar problemas de perda de peso, especialmente hipotireoidismo. Nesse caso, faça uma consulta com seu médico. Explique que você está tendo problemas de perda de peso e que deseja excluir quaisquer problemas médicos.

Resumo: Certos medicamentos podem causar problemas de peso. Consulte um médico para discutir as opções.

11. Você Está Sempre Comendo

É um mito persistente nos círculos de saúde e fitness que todo mundo deve comer muitas e pequenas refeições ao longo do dia. Este mito foi realmente estudado minuciosamente. Não há nenhuma vantagem em comer refeições mais freqüentes e menores. É natural para os seres humanos comer refeições menores refeições durante o dia e às vezes ficar longos períodos de tempo sem alimento. Algumas pessoas fazem algo chamado jejum intermitente, comem num espaço de 8 horas por dia ou fazem jejuns de 24 horas 1-2 vezes por semana. Isto pode ser muito útil para estabilizar o organismo.

Resumo: Não há benefício comprovado que sustente a ideia de comer várias pequenas refeições ao longo do dia. Tente comer menos refeições e considerar um jejum intermitente.

12. Você Está Trapaceando

Para as pessoas que são capazes controlar a si mesmas, fazendo refeições ou dias enganosos a cada momento controladamente, pode ser bom. Para outros, especialmente aqueles que são propensos a vício em comida, ter refeições fraudulentas pode transformar em algo susceptível e fazer mais mal do que bem. Se você está trapaceando muitas vezes ou com “pequenas fraudes ” aqui e ali ou dias inteiros, onde você come nada além de fast food , então isso pode facilmente arruinar o seu progresso. Tendo mais de 1-2 refeições enganosas por semana (ou um dia de enganar ) vai ser excessivo. Se você simplesmente não consegue controlar a si mesmo em torno de alimentos não saudáveis ​, não importa qual , então, talvez você tenha vício em comida. Nesse caso, remover completamente os alimentos sucateados da sua vida é provavelmente uma boa ideia.

Resumo: Algumas pessoas podem comer fast food de vez em quando sem arruinar o progresso, mas isso não se aplica a todos. Para outros, enganar as refeições vai fazer mais mal do que bem.

13. Você Está Comendo Muita Caloria

No fim das contas, as calorias não importam. Uma das principais razões das dietas de baixo carboidrato são tão eficaz que reduzem o apetite e fazem as pessoas comerem menos calorias. Se você não está perdendo peso, mas está fazendo todas as coisas certas, então tente a contagem das calorias por um tempo.Aponte para um déficit de 500 calorias por dia, o que teoricamente deveria fazer você perder peso (nem sempre funciona na prática).

Resumo: É possível comer tantas calorias que você pare de perder peso. Tente contar as calorias e apontar para um padrão de 500 calorias por um tempo.

14. Você Não tem Expectativa Realista

Por fim, perder de peso leva tempo. É uma maratona, não uma corrida. Perder 2 kg por semana é uma meta realista. Algumas pessoas vão perder peso mais rápido do que as outras. Mas também é importante ter em mente que nem todo mundo pode aparentar como um modelo de fitness. Em certo momento, você vai chegar a um peso saudável, que pode ser acima do que o inicialmente esperado.

Resumo: É importante ter expectativas realistas. A perda de peso leva muito tempo e nem todos podem aparentar como um modelo de fitness.

15. Você Está “Reduzindo” Há Muito Tempo

Eu não acho uma boa ideia permanecer em um déficit calórico por muito tempo. As pessoas mais magras (fisiculturistas e modelos de fitness) nunca fazem isso. Eles fazem ciclos de “volume” e “corte”. Se você está em um déficit calórico durante muitos meses (ou anos), eventualmente, a sua taxa metabólica pode diminuir. Se esse for o caso, você pode parar por dois meses, tempo suficiente para “manter” e ganhar menos músculo, o que pode ser o tempo que você precise para recomeçar. Claro, que isso não significa comer alimentos ruins. Após estes dois meses, você pode começar a ” fazer dieta ” novamente.

Comer de Forma Saudável é SIMPLES

Muitos profissionais de nutrição parecem pensar que você precisa de anos de faculdade apenas para descobrir como comer de forma saudável. Nada poderia estar mais longe da verdade. Mesmo que a nutrição possa ser complicada (com toda a bioquímica, os nutrientes e outros enfeites), comer de forma saudável não é um bicho de sete cabeças. Durante o texto, você vai encontrar tudo que você precisa saber sobre uma alimentação saudável.

comer-de-forma-saudavel

Para ser Saudável Não é Necessário Matemática ou calculadora

O mais saudável dos seres humanos de hoje (e no passado) são aqueles que nem sequer sabem o que é uma caloria. São os que não possuem calculadoras e que nunca aprenderam matemática na escola. Essas pessoas não vão a nutricionistas, não fazem dietas ou nem mesmo sabem da medicina moderna. Sim … os povos “primitivos”, por exemplo, os grupos de caçadores modernos, que conseguem se manter magros, saudáveis e evitam a maioria das doenças ocidentais, sem precisar de todas as soluções complicadas (e ineficazes) que temos hoje. A coisa é, nós não precisamos de quaisquer soluções complicadas para para nos mantermos saudáveis. Tudo o que precisamos é comer alimentos naturais, não processados e fazer regularmente algum exercício físico.

Como Criar um Ambiente Hormonal Estimulante para Perda de Peso

Para perder gordura fora dos nossos corpos, nós precisamos criar um ambiente hormonal que estimula a queima de gordura e nos direcionar a comer menos alimentos instantaneamente. Isto é conseguido através da redução de carboidrato na dieta [Veja Aqui meu Artigo sobre 7 Razões para uma Dieta de Baixo Carboidrato], o que reduz os níveis de insulina no sangue e fará com que nossos corpos parem de acumular energia nas células da gordura. Evitar o açúcar em específico (exceto para o fruto ocasional) também irá melhorar a sensibilidade ao hormônio leptina, que fará com que nosso cérebro pense menos em comida e mais em queima de gordura, consequentemente, perda peso.

Perca Peso Sem Contar Caloria por Caloria

Fazer isso é simples:

  • Coma esses alimentos saudáveis: carne, peixe, ovos , nozes, sementes, gorduras saudáveis, legumes com pouco carboidrato e os frutos ocasionais.
  • Evitar esses alimentos não saudáveis ​​: açúcar, grãos, óleos vegetais, gorduras trans, adoçantes artificiais e outros produtos processados​​.

Comer alimentos reais, com um único ingrediente. Se ele precisa de uma lista de ingredientes, então não é comida de verdade. Isto é, como você vai criar um ambiente hormonal capaz de estimular a perda de peso sem ter que contar calorias e porções de controle.

Compulsão Alimentar: As 14 Maneiras de Tratar

As pessoas tendem a ter compulsão alimentar “Fast foods”, comidas processadas pobres em nutrientes. Pessoalmente, eu acredito que este seja o principal motivo de ser tão difícil manter uma dieta saudável. A compulsão Alimentar é movida pela necessidade do cérebro de “recompensa” e não a necessidade do corpo pelo alimento. Se você tem um desejo, dá uma mordida e se entrega apenas um pouco quando bate a vontade, é absolutamente normal. Mas, se você tende a enfiar o pé na jaca e comer demais, logo que você sentir o sabor do alimento açucarado, a compulsão Alimentar vai aguçar e é a pior coisa que você pode fazer. Nesta leitura você encontrará um plano simples de 3 etapas ajudam a parar a compulsão Alimentar. Você pode fazer um deles. Se um não funcionar , você pode fazer dois … ou todos os três.

compulsao-alimentar

1. Se Atacar a Compulsão Alimentar, Coma uma Refeição

É importante compreender que um compulsão Alimentar não é a mesma coisa do que a fome. Não é o seu corpo requisitando energia, é o cérebro pedindo algo que libera uma ofdopamina no sistema de recompensa . No entanto, se você sentir essa compulsão alimentar e você estiver com fome, essa compulsão só faz piorar a situação. A ânsia combinada com a fome é uma poderosa combinação capaz de impulsionar a força da compulsão alimentar, o que acontece com a maioria das pessoas, é um sinal vermelho, tempo difícil de superação. Se você sentir esse desejo, fome e em seguida começar a cozinhar imediatamente uma refeição saudável e comer uma comida de verdade, pode não parecer tão apetitoso como um sorvete naquele momento. Porém, resista e crie o hábito saudável de qualquer maneira.

2. Tome um Banho Quente

O que eu pessoalmente tenho encontrado como solução eficaz para se livrar de uma compulsão alimentar, tome um banho quente. A água deve ser quente … não tão quente à ponto de queimar sua pele, mas quente o suficiente para quase te fazer sentir-se desconfortável. Deixe a água correr sobre suas costas e ombros. Fique em baixo do chuveiro e deixe a água esquentar seus ombros e costas por pelo menos 5-10 minutos. No momento em que você pisar fora do chuveiro, é provável que você tenha um sentimento “ atordoado” , como quando você está sentado na sauna por um longo tempo. Nesse momento, provavelmente, a sua compulsão alimentar já tenha passado.

3. Saia para uma Caminhada e Afaste-se do Desejo

Outra coisa que pode funcionar é sair de casa para uma caminhada . Se você corre é ainda melhor, o efeito será mais eficaz. Esta forma de combater a compulsão por doce, serve a um duplo propósito. Primeiro de tudo, você está distanciando-se do alimento que você está desejando. Em segundo lugar, o exercício vai liberar endorfinas, uma substância química do cérebro capaz de gerar um alívio, um “se sentir bem”, que pode ajudar a terminar com a compulsão alimentar. Se você não pode sair, faça um conjunto de exercícios exaustivos, aeróbicos, flexões, agachamentos com o peso corporal ou qualquer outro exercício de utilizando o seu próprio peso [Veja o Programa de Emagrecimento que usa só o peso do Corpo].

Outras Coisas que Podem Funcionar

Tenho a certeza que os 3 passos acima vão funcionar para que a maioria das pessoas diminuam a compulsão alimentar. Mas, claro, a melhor opção, de longe, é tentar evitar os desejos a assumirem o primeiro lugar. Para fazer isso, se livre de todo o “Fast food” de sua casa – jogue fora. Se você mantê-los por perto, então você está esperando ter problemas. Além disso, se você aprende a comer saudável e cria a rotina de se exercitar várias vezes por semana, então as chances de não ter ânsias diminuirá bastante. Aqui estão alguns outros métodos que podem ser úteis:

  • Tome um copo de água. Algumas pessoas dizem que os desejos podem ser causadas por desidratação.
  • Coma uma fruta, pode ajudar a satisfazer os desejos de açúcar em algumas pessoas. Bananas, maçãs e laranjas funcionam bem.
  • Evite adoçantes artificiais. Se você sentir que os adoçantes artificiais desencadeiam desejos em você, então você pode evitá-los.
  • Coma mais proteína. A proteína é um alimento de grande saciedade, pode ajudar com as ânsias também.
  • Converse com um amigo. Ligue ou vá encontrar alguém que entende o que você está passando. Explique que você está passando por uma compulsão e peça algumas palavras de encorajamento.
  • Durma bem. Ter um sono adequado e aconchegante é importante para a saúde em geral e pode ajudar a evitar as ânsias.
  • Evite o excesso de stress. O mesmo que o sono, evite o stress pode ajudar a prevenir desejos.
  • Evite certos gatilhos. Tente evitar atividades específicas ou lugares que dão a você os desejos, como caminhar próximo ao McDonalds.
  • Tome um multivitamínico. Isto ajudará a prevenir eventuais deficiências.
  • Leia sua lista. Pode ser muito ter uma lista das razões que estimulam a comer saudável, pois pode ser difícil lembrar essas coisas quando o desejo vem.
  • Não passar fome. Tente evitar comer entre as refeições.

Conclusão

Se você quer comer “ Fast food” de vez em quando, faça sem que seja compulsivamente e sem arruinar o seu progresso. Se você consegue essa façanha, isso significa que você é um das pessoas sortudas que podem desfrutar essa escapada com moderação. Mas se você é como eu e não consegue, então você deve tentar evitá-los, o máximo possível. Ceder ao desejo só vai alimentar o vício. Se você conseguir resistir, as ânsias vão ficando cada vez mais fracas ao longo do tempo e, ocasionalmente, desaparecer. Eu, pessoalmente, não toquei em açúcar ou glúten por mais de 5 meses, nunca mais as ânsias apareceram, perdi 14 kg, sem qualquer grande esforço e eu ainda não me sinto no meu melhor.

Os Benefícios do Abacaxi Para Saúde

O abacaxi (Ananas comosus) é uma das frutas tropicais mais populares do mundo e é uma boa fonte de nutrientes, tais como a vitamina C, manganês, cobre e ácido fólico. Os abacaxis também são a única fonte do composto vegetal da bromelina. A bromelina está ligada à muitos benefícios da saúde.  Algumas delas são as funções imunológicas, prevenção do câncer, melhor cicatrização das feridas e saúde intestinal. Os abacaxis são deliciosos quando são consumidos fresquinhos, mas também podem ser apreciados na forma de suco, secos, enlatados, ou como ingrediente de várias receitas. Abacaxis têm uma pele áspera e escamosa, desenvolvida a partir de um conjunto de bagas que se fundem em torno de um núcleo fibroso central. A carne dos abacaxis maduros varia do branco ao amarelo, tem um aroma característico e um sabor doce, suculento e picante. Abacaxis frescos contêm 50 calorias por 100 gramas da fruta, o que equivale a 83 calorias por copo (165 g). Eles são constituídos de água (86 %) e carboidratos (13%), com quase nenhuma proteína ou gordura.

beneficios-do-abacaxi

Carboidratos

Os carboidratos dos “ananás” são principalmente os açúcares simples, tais como sacarose, frutose e glicose. Os abacaxis (ananás) também contêm fibra. Numa xícara (165g) de abacaxi contém 21,7 g de carboidratos e 2,3 g de fibra, por isso há 19,4 g de carboidratos digestíveis (líquidos) em cada copo. O valor do índice glicêmico dos abacaxis pode variar 45-66 %, o que está na média. Isto significa que os abacaxis pouco interferem nos níveis de açúcar no sangue, pelo menos em pessoas saudáveis.

Fibra

Uma xícara de abacaxi contém 2g de fibra, quase tudo é insolúvel (99%). Estão essencialmente na forma de celulose, hemicelulose e pectina. As fibras insolúveis têm sido associadas à digestão saudável e a redução do risco da diabetes tipo 2 [Se você tem Diabetes Tipo 1 ou Tipo 2 Clique Aqui].

Conclusão: Abacaxis consistem principalmente de água e carboidrato. Eles são pobres em calorias, contêm fibras insolúveis e principalmente não têm grandes efeitos sobre os níveis de açúcar no sangue.

Vitaminas e Minerais

Os abacaxis são uma grande fonte de várias vitaminas e minerais. Um copo fornece 132 % da ingestão recomendada de vitamina C e de 76% de manganês. Estas são as vitaminas e os minerais mais abundantes dos abacaxis.

Vitamina C: Uma vitamina antioxidante que é necessária para uma pele saudável e a função imunológica.

Manganês: Um mineral essencial que é normalmente encontrado em grandes quantidades em frutas, legumes, cereais integrais e leguminosas.

Cobre: Um mineral com muitas funções importantes no corpo, tais como ser um co-fator na fabricação de células vermelhas do sangue.

Folato (B9): Um membro da família da vitamina B, importante para o crescimento do tecido celular e função normal e é especialmente importante às mulheres grávidas.

Conclusão: Os abacaxis são uma boa fonte de vitamina C, manganês e contêm uma quantidade considerável de cobre e ácido fólico.

Outros Compostos Vegetais

A bromelina é o composto mais pesquisado do abacaxi, mas também possuem antioxidantes como as antocianinas.

Bromelina: Uma enzima que digere proteína única, só encontrada no abacaxi. Ela pode ter muitos benefícios à saúde, tais como a redução do risco de câncer, melhora da saúde intestinal e facilita a cicatrização de feridas.

Antocianinas: Os abacaxis contêm pequenas quantidades de antocianinas, antioxidantes poderosos, ligados à redução do risco de doenças, incluindo doenças cardíacas. Devido ao seu teor bromelina, o sumo dos abacaxis pode ser usado para amaciar carne, pois a bromelina quebra as proteínas da carne.

Conclusão: Os abacaxis são a única fonte alimentar de um composto vegetal único chamado bromelina, que é associado a muitos benefícios saudáveis.

Benefícios Saudáveis dos Abacaxis

A maioria dos benefícios saudáveis dos abacaxis está atribuída ao teor do composto vegetal bromelina. No entanto, deve-se notar que algumas pesquisas baseiam seu estudo, considerando a bromelina obtida a partir do caule do abacaxi, onde está o nível mais elevado da bromelina. Pois, por suposto, os caules geralmente não são consumidos e, se necessário a ingestão de suplementos de bromelina (chamados de “extrato de abacaxi”), esses serão recomendados.

Função imunológica melhorada e Inflamação Reduzida

O sistema imunológico protege nosso organismo contra doenças, combate os microorganismos nocivos e repara os danos. O estudo com tubo de ensaio mostra que a bromelina fortalece o sistema imunológico e reduz a inflamação. O estudo em animais mostra que a bromelina pode reduzir a gravidade da inflamação, estimular respostas imunes e tem efeitos benéficos contra as doenças das vias respiratórias e a asma alérgica. Estudos em humanos mostram que o consumo de abacaxi, ou suplemento de bromelina, pode encurtar a duração da sinusite, estimular respostas imunes, evitar a formação de coágulos no sangue e reduzir a inflamação.

Conclusão: Abacaxis e a bromelina são bons contra a inflamação e estimula as respostas imunes do organismo. Eles podem reduzir a duração de infecções e ajudam contra as doenças das vias respiratórias, tais como asma.

Risco reduzido de Câncer

O câncer é caracterizado pelo crescimento celular incontrolado, que pode invadir e destruir os tecidos circundantes. É uma das principais causas de morte e de incapacidade em todo o mundo. A dieta rica em frutas de cor amarela está ligada a redução dos riscos de câncer do cólon. Estudos com tubos de ensaio demonstraram que a bromelina pode inibir o crescimento de células cancerosas, bem como conduzi-las a apoptose (morte celular). Mais estudos são necessários para avaliar esses efeitos em humanos.

Conclusão: Estudos demonstram que os abacaxis e bromelina podem ter propriedades de combate ao câncer, como a inibição e o combate das células cancerosas.

Melhoria da Cicatrização de Feridas

A cicatrização de feridas é a capacidade do organismo de reparar lesões, porém este processo pode ser interrompido por fatores como a diabetes, envelhecimento e doenças do coração. A bromelina pode ser usada ​​para melhorar a cicatrização de feridas em estudos feitos com animais, através da aceleração da recuperação e redução da inflamação. Uma loção à base de bromelina facilita a cicatrização de queimaduras da pele.

Conclusão: a bromelina demonstra propriedades curativas para a pele ferida, acelera a recuperação e reduz a inflamação.

Melhoria da saúde intestinal

As bactérias do nosso corpo superam o número das nossas células (10:1), a maioria delas reside no intestino e fazem a manutenção da flora intestinal e possui inúmeros benefícios. Os abacaxis são geralmente de fácil digestão pelas bactérias intestinais benéficas. Os estudos em animais indicam que os abacaxis e a bromelina podem ajudar no tratamento de doenças do aparelho digestivo, tais como doenças inflamatórias, reduzindo os efeitos da inflamação no intestino. A bromelina ajuda a digerir proteínas, por isso pode ser útil àqueles que têm problemas de indigestão, principalmente quando comem as proteínas das carnes.

Conclusão: Eles podem ter benéficos no tratamento de doenças do aparelho digestivo, reduzem a inflamação intestinal e ajudam na prevenção da diarreia. Os abacaxis são geralmente bem digeridos, mas podem causar inchaço e gases.

Efeitos Adversos e Preocupações Individuais

A maioria das pessoas tolera bem os abacaxis, mas eles podem causar irritação na boca de alguns indivíduos. Abacaxis também podem interferir na função de alguns medicamentos e existem algumas pessoas que são alérgicas a eles.

Irritação na Boca

Algumas pessoas experimentam o desconforto boca depois de consumir abacaxi, uma condição inofensiva que deve se resolver em um poucas horas. Isto é causada pela bromelina, a enzima que digere proteínas encontradas no fruto e no caule da árvore que dá o abacaxi.

Alergia a Abacaxi e Reações Cruzadas

Os abacaxis podem causar reações alérgicas, com sintomas de prurido, erupções cutâneas, coriza, dor abdominal, vômitos, diarreia e até mesmo um choque alérgico grave. Os indivíduos que sofrem de alergias ao látex, pólen de bétula ou pólen de gramíneas, também podem apresentar reações alérgicas a abacaxi, como resultado da reação cruzada. A reação cruzada é uma ação do corpo que confunde as proteínas encontradas nos abacaxis, como sendo proteínas que causam alergias semelhantes, encontradas no pólen ou látex, o que causa a alergia ao abacaxi.

Preocupações com Medicação

Indivíduos que tomam medicamentos tais como diluentes de sangue, devem consultar o seu médico antes de incorporar abacaxis ou suplementos de bromelina em sua rotina diária. Os abacaxis são conhecidos por evitar o acúmulo de plaquetas no sangue e podem ter o efeito de diluição do sangue.

Conclusão: Os abacaxis são geralmente bem tolerados, mas podem causar reações alérgicas em algumas pessoas. Eles também podem afetar alguns medicamentos, devido aos seus efeitos de afinamento do sangue.

Mensagem pra Casa

Para a maioria das pessoas, os abacaxis são um ótimo complemento para a dieta. Eles são uma boa fonte de vitaminas e minerais, com uma abundância de vitamina C e manganês. Eles também são a única fonte de um composto vegetal poderoso chamado bromelina, que é responsável por muitos dos seus benefícios para a saúde. Estes incluem a aceleração de feridas, melhora na digestão, ajuda a prevenir o câncer, reduz a inflamação e melhora a função imunológica. Com seu sabor doce, o abacaxi é um ingrediente perfeito para refrescar a refeição.

Dieta Para Perder Peso: Até 8 KG em 7 Dias

Uma Boa dieta é importante para você encontrar o tipo certo de método de redução de peso para voltar à forma e nunca ser vítima de remédios que você se deparar em canais de televisão e internet. Se você é capaz de combinar uma dieta adequada e saudável com um regime de exercícios, então isso poderia ser seu passaporte para a maneira mais rápida de perder peso e naturalmente.

A primeira e mais importante coisa que você deve lembrar é que você não deve pular refeições ou comer em horários irregulares em qualquer plano de perda de peso. Se você já pensou que pode simplesmente deixar de comer uma ou duas refeições por dia e por isso perderá peso você está totalmente enganada!

perder-peso-com-dieta

 

Essa é de longe a pior forma de TENTAR perder Peso. Além disso, certifique-se de  definir metas realistas para que você inicie um programa de perda de peso e tentar alcançar a meta estabelecida. Tenha sempre em mente que você só pode esticar seu corpo até um certo limite com rotinas de exercícios rigorosos e um plano de dieta bem equilibrada e saudável.

Um dos planos de dieta mais populares e comumente seguidos de entusiastas de perda de peso é o plano de dieta General Motors e este plano é o melhor plano que você pode se deparar com várias fontes que irá fornecer-lhe a maneira mais rápida de perder peso, sem a ingestão de qualquer outro suplementos de saúde ou pílulas dietéticas.

A General Motors é uma das principais marcas de fabricação de automóveis e eles vieram para cima com um plano de renome e bem sucedida “dieta General Motors” ou plano de dieta de GM que é seguido por muitas outras empresas, bem como instituições de ensino, uma vez que irá ajudar na melhoria do bem-estar dos pessoas que trabalham em um escritório ou uma escola ou uma faculdade ou qualquer outra indústria.

O plano de dieta GM é encontrado para ser bem sucedido em pessoas de todas as faixas etárias e há ainda afirma que as pessoas têm sido capazes de perder 8 kg de peso dentro de uma semana, seguindo o plano de dieta de GM.

Há um monte de pessoas que se sentem um pouco mais gordas e estão olhando para diferentes maneiras de perder peso sem fazer um grande esforço.Um monte de pessoas que têm tentado várias opções como yoga, treino no ginásio, corrida, corrida e exercício regular para reduzir o peso, mas não foram capazes de livrar-se dos depósitos de gordura em excesso no seu corpo e para reduzir o seu peso . Se a suas Gordurinhas são sua preocupação e gostaria de lançar fora os quilos extras de seu corpo, em seguida, dieta GM poderia ser a resposta para todos os seus problemas de perda de peso.

Plano de Dieta GM –  Dieta para Perder Peso

perder-peso-1

Se você está pronto para começar o plano de dieta GM, a primeira coisa que você precisa fazer para obter a sua mente pronta para a dieta que você está pronta para seguir. Somente se você tiver uma mente controlada e tranquila que você vai ser capaz de ser bem sucedido neste plano de perda de peso que lhe oferece a maneira mais rápida de perder peso. O plano de dieta é para uma semana e durante este período de dieta que você só será permitido levar alimentos específicos como prescrito no plano de dieta para cada um desses sete dias. Acredita-se que você será capaz de reduzir cerca de 5 a 8 kg de peso quando você seguir o plano de dieta exatamente como mencionado abaixo.

A coisa mais importante que você precisa entender sobre essa maneira de perder peso é que você precisa seguir a risca essa plano de dieta. Caso não o siga isso vai fazer o oposto e, em vez de seus planos para perder peso você pode acabar ganhando alguns quilos extras. Este plano sugere-lhe a quantidade certa e na quantidade certa de alimentos que você poderá ingerir, a fim de fazer você se sentir que você está satisfeito sempre. Você pode estar pensando  como um plano de dieta irá funcionar quando você está autorizado a comer um valor especificado de alimentos. Além disso, muitas pessoas que tomaram este programa da dieta GM ficaram intrigados sobre como um programa de dieta que não pedir-lhe para de comer vai ajudar na perda de peso eficaz. Mas, não há nada para se preocupar neste plano de dieta, pois é um tiro certo que irá ajudá-lo a reduzir o seu peso total do corpo por 5-8 quilos em cerca de uma semana.

Dia Um

perder-peso-2

O primeiro dia é o dia mais importante no seu plano de dieta GM. Você está apenas entrando no mundo de saber como você pode reduzir o seu peso corporal e que o que o período de Execução é de 7 dias. O plano de dieta GM diz que o primeiro dia da dieta deve ser um dia completo de frutas. Você tem a opção de comer todas as frutas que você e qualquer fruta que você gosta. Mas, é importante para você ter certeza de que você evite bananas da sua lista de frutas no primeiro dia. Alguns dos frutos sugeridas que você pode tomar no plano de perda de peso da dieta da GM são melancias e melão. Você também devem beber cerca de 8 a 12 copos de água em um dia e certifique-se que você não precisa nem tocar quaisquer outros itens de alimentos, nem mesmo legumes crus ou cozidos. Se você precisa deste plano para trabalhar eficazmente em seu corpo, então você só deve consumir vários tipos de frutas sortidas durante todo o dia. Se você sentir fome, tente comer mais frutas e, claro, beber água. (Somente um Copo por Vez, Nunca beba 2 ou 3 Copos de uma só vez.)

Dia Dois

perder-peso-3

Se no primeiro dia foi um dia que você teve a oportunidade de comer suas frutas favoritas, em seguida, no dia dois, você terá a oportunidade para comer apenas vegetais durante todo o dia. Você pode levar os legumes que você gosta tanto no estado cru ou cozido. Mas, é importante para você ter certeza de que você não use qualquer tipo de óleo ao cozinhar legumes. Consumir vegetais cozidos também são uma boa opção. Você pode pegar qualquer vegetal que você gosta, incluindo batatas. Mas, seria seguro para você experimentar as batatas cozidas no início da manhã, de modo que os carboidratos se queimar durante o dia. Alguns dos vegetais comuns que são boas para ser consumido no segundo dia da dieta de perda de peso são: feijão cozido, cenoura, brócolis, pepino, alface, repolho cozido e assim por diante. Não há dúvida de que o seu sistema digestivo será submetido a uma revisão completamente pela noite e você também precisará ir ao banheiro mais vezes do que antes. Certifique-se de que você não perca a sua dose diária de 8 a 12 copos de água, juntamente com uma dieta rigorosa de Vegetais no dia dois.

Dia Três

perder-peso-4

A terceira dia do seu Plano para Perder peso vai permitir que você coma ambos, os legumes e frutas durante todo o dia. Certifique-se que você não comer batatas na seção dos vegetais, e também certificar-se de que você não vai consumir bananas da seção de frutas. Você tem a opção de ir para uma dieta de frutas na parte da manhã seguido de uma dieta vegetais na parte da tarde e uma dieta de frutas e vegetais à noite. As opções e as permutações e combinações de consumir a dieta de frutas e vegetais ou a combinação de ambas as dietas é totalmente deixado à sua disposição. Você pode decidir sobre o que você gostaria de ter, desde que seja frutas e legumes. Nunca deixe de beber 8 a 12 copos de água, mesmo no dia três.

Dia Quatro

perder-peso-5

Dia quatro é interessante para quem procura a maneira mais rápida de perder peso, uma vez que é preenchido com uma banana e leite a dieta. Sim, você precisa ter pelo menos 8 a 10 bananas ao longo do dia e são permitidos três copos de leite. Você pode estar um pouco preocupado se esta dieta vai fazer você sentir fome. Mas, ao contrário, você vai se sentir muito satisfeito com este plano de dieta no final do dia. Você precisa dividir as bananas e os copos de leite corretamente para que você não sinta qualquer tipo de fome no quarto dia do plano de dieta GM. Consumir uma banana e um copo de leite de manhã seguido por um par de bananas Antes do meio-dia será o início ideal para o dia quatro. Você pode tomar um copo de leite e duas bananas para o almoço no dia quatro. Você também pode levar um par de bananas, à tarde ou até mesmo três bananas e, em seguida, levar um par de bananas e um copo de leite à noite. Não haverá nenhum sinal de fome ao longo de todo o dia, se você seguir este simples regime do dia quatro.

Dia Cinco

perder-peso-6

O plano de dieta perder peso da GM oferece-lhe a oportunidade de uma festa no dia cinco. É o dia quando você pode ter uma xícara de arroz para o almoço e levar cerca de seis a sete tomates durante todo o dia. Como não há qualquer chance de produzir uma grande quantidade de ácido úrico no seu corpo, ele é ideal para você aumentar o nível da água a partir de 12 a 15 copos no dia cinco.

Dia Seis

perder-peso-7

Você chegou no penúltimo dia da dieta da GM. Aqui também, você terá permissão para tomar uma xícara de arroz no período do almoço e você também precisa se conter com uma dieta vegetal para o resto do dia. Também é importante para você ter certeza de que você levar pelo menos 8-12 copos de água no dia seis também. Este é o penúltimo dia do seu regime sete dias plano de dieta GM e você tem certeza de se sentir muito mais leve pelo sexto dia. Não há dúvida de que você também vai estar a melhorar seu sistema digestivo completamente com este plano de dieta de sete dias da General Motors.

Dia Sete

perder-peso-8

Este é o último dia do plano de dieta para perder peso a partir da GM. Aqui, você está autorizado a tomar uma xícara de arroz e todos os legumes que você gostaria de comer junto com o suco de fruta de sua escolha. Este é considerado o melhor dia de toda a sua dieta como você possui a opção de comer todos os legumes que você gosta e nivelá-lo fora por consumir os sucos de fruta de sua escolha.

Não há dúvida de que você vai ver uma quantidade considerável da perda de peso em seu corpo e você terá feito nada mais do que seguir uma dieta de fruta e vegetais rigorosos do plano de dieta e beber água. Há também um monte de benefícios que você ganha a partir do plano de dieta GM. Você vai ver o seu rosto brilhar ainda melhor do que antes e também irá melhorar o seu sistema digestivo. A melhor vantagem que seria que você veria uma redução no seu peso corporal em cerca de 4 a 5 quilos ou até mais.

Assim, para todas as pessoas com excesso de peso que estão passando fome seu e não conseguem perder o excesso de peso, tente a maneira mais saudável e mais rápida de perder peso, seguindo o plano de dieta simples GM.