Os Benefícios da Semente de Chia

A semente de chia é pequena semente preta da planta chia Salvia hispanica. É nativa do México e Guatemala. Foi um alimento básico para os antigos astecas e maias. Na verdade, a “chia” é a palavra maia antiga para “força”. A semente de Chia contêm grande quantidade de fibras e ômega-3 ácidos graxos, abundância de proteína de alta qualidade, além de vários minerais essenciais e antioxidantes. Elas podem melhorar os fatores de risco para doenças cardíacas e diabetes, podem conduzir a uma melhor saúde digestiva e aumentar os níveis sanguíneos para um coração saudável, com o omega-3,  gordura presente na semente de chia, que possuem a forma oval, pequena e plana, com uma textura brilhante e lisa. A cor pode variar do branco ao marrom, ou preto. Por causa de seu sabor relativamente brando, a semente de chia podem ser adicionadas a praticamente tudo. Elas podem ser embebidas em líquido e adicionadas a farinha de aveia, feita como pudim, utilizadas em produtos de panificação, batidas ou simplesmente polvilhadas em cima de saladas ou iogurte. Devido à sua capacidade de absorção de líquido e formar um gel, a semente de chia também pode ser usado para engrossar molhos, ou como um substituto de ovo em receitas. A imersão das sementes de chia antes de comer é o ideal, mas não é necessário. A semente de Chia contêm 486 calorias por 100 gramas. Em peso, elas são 6% de água, 46% de carboidratos (dos quais 83% é fibra), 34% de gordura e 19% de proteína.

beneficios-da-semente-da-chia

Carboidratos e Fribra

A maior parte do conteúdo de carboidratos da semente de chia está na forma de fibras (mais de 80%). Na verdade, em 28 gramas de semente de chia, contém 11 gramas de fibra, que é uma parte significativa da ingestão diária recomendada para homens e mulheres, cerca de 25 e 38 gramas / dia, respectivamente. As fibras são na maior parte insolúvel (95 %). As fibras insolúveis têm sido associadas ao risco reduzido da diabetes. Algumas das fibras insolúveis também podem ser fermentadas no intestino como fibras solúveis, promovendo a formação de ácidos gordos de cadeia curta e melhorando a saúde do cólon. Quando a semente de chia é colocada na água ou outros líquidos, as fibras absorvem até 10-12 vezes o seu próprio peso e as sementes transformam-se numa massa gelatinosa.

Conclusão: Semente de Chia possuem uma quantidade relativamente elevada de carboidratos, mas a maioria deles (mais de 80%) estão na forma de fibras insolúveis.

Gordura

Uma das características únicas da semente de chia é o seu alto teor de ômega-3, ácidos graxos saudáveis ​​para o coração. Cerca de 75% das gorduras na semente de chia consistem em ômega-3, alfa de ácido gordo do ácido linoléico (ALA), enquanto cerca de 20% consistem em ômega-6 ácidos gordos. A semente de chia são realmente a fonte, à base de plantas, mais conhecida de ácidos graxos ômega-3, ainda melhor do que a linhaça. A importância da relação entre ômega-6 e ômega-3 na dieta tem sido repetidamente testados e observados, por causa do excesso do consumo de ômega-6, óleos ricos. Sendo uma grande fonte de ácidos graxos ômega-3, a semente de chia promovem uma relação mais baixa de ômega-6 e ômega-3. A proporção pode reduzir o risco de várias doenças crônicas, como doenças cardíacas, câncer, doenças inflamatórias e morte prematura. No entanto, grama por grama, o ácido graxo ômega-3 em sementes de chia (ALA) não é tão potente quanto os encontrados nos peixes ou óleo de peixe (EPA e DHA). O ALA tem de ser convertido em formas ativas, EPA e DHA, antes de poder ser utilizado pelo corpo e este processo é muitas vezes ineficaz.

Conclusão: A semente de Chia estão entre as melhores fontes da base vegetal de ômega-3, ácidos graxos que têm inúmeros benefícios para a saúde.

Proteínas

A semente de Chia contêm 19 % de proteína, que é semelhante à de outras sementes e mais do que a maioria dos cereais e grãos. Um consumo elevado de proteínas tem sido associado ao aumento da saciedade após as refeições, o que reduz a ingestão de alimentos. As sementes de chia contêm proteínas de alta qualidade com todos os aminoácidos essenciais e, portanto, é uma boa fonte de proteína à base de plantas. As sementes de chia não são recomendadas como a única fonte de proteína para as crianças, entretanto, elas são sem glúten e podem ser consumidas por pessoas intolerantes ao glúten.

Conclusão: Semente de Chia contêm mais proteína do que a maioria dos grãos e quantidade semelhante a outras sementes. Elas são uma grande fonte de proteína à base de plantas e livre de glúten.

Vitaminas e Minerais

A semente de chia dispõem de quantidades elevadas de muitos minerais, mas são uma fonte pobre de vitaminas. Os minerais mais abundantes estão listados abaixo:

Manganês: Os grãos integrais e sementes são ricos em manganês, o que é essencial para o metabolismo, crescimento e desenvolvimento.

Fósforo: Normalmente encontrado em alimentos ricos em proteínas, o fósforo contribui para a saúde dos ossos e manutenção dos tecidos.

Cobre: ​​Um mineral que é muitas vezes inexistente na dieta, importante para a saúde do coração.

Selênio: Um mineral antioxidante importante, envolvido em muitos processos do corpo.

Ferro: Como componente da hemoglobina nas células vermelhas do sangue, o ferro está envolvido no transporte de oxigênio em todo o corpo. Pode ser pouco absorvido a partir das sementes de chia, devido ao seu teor de ácido fítico.

Magnésio: Muitas vezes insuficiente na dieta ocidental, o magnésio tem um papel importante em muitos processos no corpo.

Cálcio: O mineral mais abundante no corpo humano, essencial para ossos, músculos e nervos.

A absorção de alguns minerais, como ferro e zinco podem ser reduzidos por causa do conteúdo de ácido fítico presente na semente de chia.

Conclusão: Semente de Chia é uma excelente fonte de muitos minerais essenciais, mas uma fonte pobre de vitaminas. Elas são ricas em manganês, fósforo, cobre, selênio, ferro, magnésio e cálcio.

Outros Componentes Vegetais

A semente de Chia contêm um bom número de compostos vegetais benéficos . Os principais estão listados abaixo:

Ácido Clorogênico: Um antioxidante que pode reduzir a pressão arterial.

Ácido Cafeico: Esta substância é abundante em muitos alimentos de origem vegetal e podem ajudar a combater a inflamação no corpo.

Quercetina: um poderoso antioxidante que pode reduzir o risco de doenças cardíacas, osteoporose e algumas formas de câncer.

Kaempferol: Um antioxidante que tem sido associado à diminuição do risco de câncer e outras doenças crônicas.

As sementes de chia limpas e secas têm uma vida útil muito longa, pois devido os seus antioxidantes protegem as gorduras das sementes de possíveis danos.

Conclusão: Sementes de chia contêm muitos antioxidantes poderosos que podem reduzir o risco de doenças crônicas, como doenças cardíacas e câncer.

Benefícios Saudáveis da Semente de Chia

A semente de chia têm se tornado cada vez mais popular nos últimos anos devido ao seu alto valor nutricional e supostos benefícios para a saúde. Os principais benefícios para a saúde das sementes de chia estão listados abaixo:

Benefícios para Saúde Metabólica

A semente de chia podem demonstram ter numerosos efeitos benéficos para a saúde metabólica. Em estudos com animais, tem mostrado o aumento da sensibilidade à insulina, redução da gordura no sangue e melhora do controle do açúcar no sangue, que são fatores de risco para doenças hepáticas e cardiovasculares. Apesar de vários estudos, as sementes de chia não são apresentadas como a causa da perda de peso, de acúmulo ou diminuição de gordura na barriga dos animais. Nos seres humanos, as sementes de chia mostram que possuem potencial para reduzir o açúcar no sangue e triglicérides, enquanto podem elevar os níveis de ômega-3 ácidos graxos na corrente sanguínea. As sementes e a farinha de chia, também podem reduzir a pressão arterial em pessoas com problema de pressão elevada. Ainda podem diminuir a inflamação e os danos oxidativos em pessoas com diabetes tipo 2. No entanto, tenha em mente que nem todos os estudos demonstram que as sementes de chia levam a melhorias da saúde.

Conclusão: Vários estudos entendem que as sementes de chia proporcionam benefícios para a saúde metabólica e reduzem vários fatores de risco de doenças cardíacas e diabetes.

Aumento da Ingestão de Fibra

A maioria das pessoas não está comendo uma dieta equilibrada e com a quantidade necessária de fibra. Uma alta ingestão de fibra tem sido associada com a melhoria da saúde do intestino e um menor risco de inúmeras doenças. Uma porção com 28 gramas (2 colheres de sopa) de sementes de chia provém 11 gramas de fibra, o que significa 29% do consumo diário recomendado para os homens e 44% da ingestão recomendada para as mulheres. Devido à extraordinária capacidade de absorção de água das sementes de chia, elas aumentam o volume dos alimentos no trato digestivo, que conduz a um aumento da saciedade e a diminuição da ingestão de alimentos compulsivamente. As sementes de Chia são particularmente ricas em fibras insolúveis, que têm sido associadas a uma diminuição do risco de diabetes, ao aumento da massa de fezes e a redução da constipação.

Conclusão: Sementes de Chia são muito ricas em fibras, o que a maioria das pessoas não estão consumindo adequadamente. Elas são particularmente ricas em fibras insolúveis.

Efeitos Adversos e Preocupações Individuais

Nenhum efeito adverso foi relatado após o consumo das sementes de chia. No entanto, para evitar possíveis efeitos colaterais digestivos, beber muita água com sementes de chia é geralmente recomendado, em especial se elas não foram embebidas antes da ingestão.

Ácido Fítico

Como todas as sementes, as sementes de chia contêm ácido fítico. Este ácido é um composto vegetal que se liga aos minerais, tais como o ferro e zinco e inibe a absorção dos alimentos.

Efeito de Afinamento do Sangue

As grandes doses de gorduras ômega-3, tais como os de óleos de peixe, podem ter efeitos de afinamento do sangue. Se você estiver tomando medicamentos para afinar o sangue, o melhor é consultar o seu médico antes de incorporar grandes quantidades de sementes de chia na sua dieta. O ômega -3 (ácidos graxos) podem afetar a atividade da medicação.

Conclusão: Sementes de Chia geralmente não causam quaisquer efeitos adversos. No entanto, elas podem ter efeitos que afinam o sangue em grandes doses e que contêm um composto vegetal que pode reduzir a absorção de minerais.

Mensagem para Casa

A semente de chia são muito ricas em fibras, antioxidantes, minerais e ômega -3, ácidos graxos saudáveis ​​para o coração. Seu consumo tem sido associado a uma melhora dos fatores de risco contra doenças cardíacas e diabetes, para o aumento dos níveis sanguíneos de gorduras benéficas, uma melhora da digestão e da saúde do intestino. As sementes de chia são muito fáceis de ser incorporadas em uma dieta saudável e são verdadeiramente dignas da sua reputação de “superalimento”.

Recomendados Para Você:

About Fernando 122 Articles
Fernando Muniz tem 28 Anos, casado, pai de dois Filhos [Maria e Bernardo] e sempre teve uma alimentação muito desregrada e com isso ativou o EFEITO SANFONA na sua vida perdendo e ganhando peso de forma constante, com esse acervo de nutrição ele gostaria de ajudar mais pessoas a superar de uma vez por toda o sobrepeso, obesidade e o efeito sanfona, é nisso que eu acredito.

1 Trackbacks & Pingbacks

  1. Carboidrato Bom, Carboidrato Ruim – Como Tomar a Decisão Certa

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*